this is an h1

this is an h2

Wed Mar 16 15:01:54 BRT 2022
Empreendedorismo | ATITUDE EMPREENDEDORA
Negócio de Ranniely vende cerca de 1.200 pães de mel por mês

Com o apoio do Sebrae, empreendedora iniciou as atividades no início da pandemia e já almeja abrir uma loja física

· 16/03/2022 · Atualizado em 16/03/2022



Quando se mudou para o município de Araguaína, no Tocantins, Ranniely Silva tinha expectativas de conseguir o seu primeiro emprego e pagar um cursinho pré-vestibular. Não conseguiu nenhum dos dois. 

Até que, em março de 2020, o mundo inteiro foi surpreendido pelo início da pandemia de covid-19. Disposta a não ficar parada, Ranniely decidiu empreender. Entre uma pesquisa e outra, encontrou um segmento não explorado na cidade: o comércio de pão de mel. 

Consumidora fiel do produto, a empreendedora iniciou a produção sem uma real intenção de crescimento. “Era somente um extra na pandemia”, revela.

A Casa do Pão de Mel se dedica à fabricação exclusiva da guloseima em versão gourmet. “Contamos com um cardápio de mais de 20 sabores. E temos também a linha fit, zero glúten e zero lactose”, conta Ranniely. Entre os mais vendidos, destacam-se os pãezinhos recheados com brigadeiro e maracujá. 

Atualmente sem loja física, todo o atendimento é prestado por delivery, retirada, encomendas, pontos de vendas e até mesmo são feitos envios para outras cidades e estados. Além da empreendedora, outras duas funcionárias mantêm a operação de pé.

“Por eu começar a empreender no ápice da pandemia, comecei já adaptada à realidade. Foquei na humanização do atendimento online”.

Em menos de dois meses, a clientela da empresa disparou. Nesse momento, Ranniely enxergou a necessidade de buscar cursos de gestão, organização e atendimento para segurar as pontas. “E precisei me formalizar MEI para colocar o delivery”, complementa.

No Sebrae, a empreendedora de cara já participou do “Atendimento ao Cliente”, “Fluxo de Caixa”, “Gestão Financeira”, “Canvas” e “Iniciando um Pequeno Negócio”. A empreendedora também considera o “Marketing Digital Para sua Empresa”, “Precificação” e “Boas Práticas na Cozinha” essenciais para quem vende produtos.



Hoje, ela divide seu tempo entre a empresa e as graduações em Empreendedorismo e em Biomedicina. Com a jornada atribulada, Ranniely reflete sobre o papel da mulher nos negócios: “A jornada de múltiplas tarefas da mulher é complicada de conciliar com as tarefas do lar. E imagino que seja mais difícil ainda para as mamães, né. Às vezes, falta incentivo até por parte até mesmo familiar”. Para encorajar outras mulheres, a empresária deixa um recado:

“Mulher deve ser duas coisas: quem e o que ela quiser. Empreendedorismo é para os fortes, e a força de uma mulher é incomparável”. 

Ao longo do ano, Ranniely almeja aumentar o reconhecimento local, triplicar a quantidade de pontos de vendas na cidade e conquistar o status de referência estadual. A empreendedora também sonha com a possibilidade de abrir a primeira loja física em 2024. 

Instagram

Site oficial

Região Norte

Região Nordeste

Região Centro-oeste

Região Sul

Região Sudeste


O conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado!

Foi um prazer te ajudar :)

Precisa de ajuda?

Nós temos especialistas prontos para atender você e o seu negócio de forma online e gratuita.

Acesse agora