this is an h1

this is an h2

Fri Mar 11 17:26:06 BRT 2022
Empreendedorismo | ATITUDE EMPREENDEDORA
Sérgio abriu uma escola de reforço com capacidade para 200 alunos

Com o apoio do Sebrae, o empreendedor inovou na divulgação do negócio, ampliou o número de estudantes e aumentou o faturamento

· 11/03/2022 · Atualizado em 11/03/2022

 

“O Sebrae é importante para tirar dúvidas e orientar no que for preciso. Dá apoio na gestão e oferece cursos para ampliar seus conhecimentos. E, quanto mais conhecimento, melhor você será para administrar o negócio.”

As muitas viagens e a rotina extenuante de trabalho em uma grande indústria de alimentos fizeram o administrador e professor de matemática Sérgio Fernandes repensar os rumos de sua vida profissional. Foi assim que ele começou a pensar em empreender, em busca de uma vida mais tranquila e realização profissional.

O primeiro passo foi pesquisar os segmentos com mercado promissor na região onde mora, na Zona Leste da cidade de São Paulo (SP). Seus primeiros interesses foram em empresas de concretagem e depois de extintores de incêndio. Mas, com o apoio do Sebrae, ele participou de uma feira de franquias e pôde tomar uma decisão bem embasada sobre a empresa que abriria: uma escola de reforço.

“Procurei uma área que pudesse conciliar com a vida particular, tendo qualidade de vida. No ensino, eu teria mais férias no decorrer do ano. Então há dez anos eu abri a Ensina Mais Vila Curuçá.”

Com o negócio em funcionamento, Sérgio diz que os laços com o Sebrae se estreitaram ainda mais. Ao longo dos anos, ele contou com diversas consultorias, como as de gestão e finanças.

“O Sebrae também me orientou e me ajudou muito na divulgação da escola. Comecei a procurar mídias aqui da região, fiz parceria com uma padaria que tem duas televisões e atende mais de 20 mil pessoas por dia. Aí eu divulguei a escola nessa TV, o que fez aumentar muito o número de alunos. Antes da consultoria do Sebrae, eu investia em divulgação em papel, como panfletos. Foi o Sebrae que me orientou a ir para o digital.”

Por isso, Sérgio acredita no papel importante do Sebrae no crescimento de sua escola de reforço, que hoje tem capacidade para 200 alunos e até a chegada da pandemia contava com 12 professores. Hoje ele diz que esse número está reduzido a cinco, devido às restrições de aglomeração, mas caminhando para aumentar.

“Tenho em média, por mês, três novas matrículas, mas de dezembro para cá já foram 30 matrículas. Cresci de 12 a 15% por ano ao longo desses anos. Mas agora estamos crescendo mais, numa recuperação pós-pandemia.”

Para manter o crescimento, Sérgio pretende investir ainda mais em divulgação nos próximos três meses. “Quero voltar a ter panfletos, divulgar na revista do bairro e em televisões de outras padarias. Para divulgar nas mídias sociais, eu já uso o sistema da franquia.”

Instagram: @ensinamaisvilacuruca

Região Norte

Região Nordeste

Região Centro-oeste

Região Sul

Região Sudeste


O conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado!

Foi um prazer te ajudar :)

Precisa de ajuda?

Nós temos especialistas prontos para atender você e o seu negócio de forma online e gratuita.

Acesse agora