this is an h1

this is an h2

Mon Nov 29 17:35:51 BRT 2021
Empreendedorismo | ATITUDE EMPREENDEDORA
Tanmyres lançou marca de brownie e abriu uma cafeteria

A empresária não tinha experiência com empreendedorismo, mas contou com o Sebrae para estruturar e expandir o negócio

· 13/04/2021 · Atualizado em 29/11/2021

"Para cada setor da sua empresa, o Sebrae tem um especialista para ajudar, do financeiro à arquitetura. Quando se tem alguém que te oriente, você muda sua visão e aí vai dar tudo certo."

Tanmyres Lima ainda estava na faculdade de nutrição quando ela e o noivo, Felipe, conheceram o brownie em uma viagem. De volta a Aracaju (SE), eles decidiram fazer o doce em casa, pois Felipe adora cozinhar. “Nas primeiras vezes não ficou 100%, mas já ficou muito bom.”

Nas tentativas seguintes, o casal foi melhorando a receita até chegar a um resultado satisfatório. Os amigos foram os primeiros a provar e gostaram tanto que os incentivaram a fazer o doce para vender.

Como empreender juntos já era um objetivo dos dois, Tanmyres e Felipe decidiram levar a ideia adiante. Então pensaram em uma marca e abriram a empresa Doce Acaso.

"Expandimos nosso cardápio, agora consigo fazer salgados também, tudo produção própria. É uma doceria e cafeteria bem legal. Tudo com cuidado e carinho, porque é como a gente diz: a empresa é nossa filha."

Pensamos muito em um nome, e esse casou demais com a história, porque foi um doce acaso que aconteceu: a gente conhecer por acaso esse doce, criar e abrir nossa loja, que é uma browneria.

Inexperiente em assuntos de empreendedorismo, Tanmyres procurou a ajuda no Sebrae para gerir bem o seu negócio. Assistiu a palestras, teve consultoria, acompanhamento financeiro e contou com apoio para atender exigências técnicas nutricionais de seus produtos.

“Alterei o meu tipo de empresa, mas continuei sendo MEI. Pudemos comprar produtos alimentícios. E nesse processo fui auxiliada pelo Sebrae. Depois comecei a participar das oficinas do SEI: SEI Comprar, SEI Vender, SEI Planejar. No início fiz bastante desses cursos.”

Com o apoio do Sebrae, o negócio foi crescendo, e o casal abriu um local físico para vender os doces da marca. Também há espaço para que os clientes possam consumir os produtos na loja.

Segundo a empreendedora, a chegada da pandemia de Covid-19 fez com que o casal tirasse do papel um plano antigo para a empresa: começar a fazer entregas em domicílio. "Foi um empurrão que todo mundo levou para entrar de vez no delivery e foi uma das melhores épocas da Doce Acaso, a gente vendeu muito.

Tanmyres diz que os próximos passos vão ser aumentar o espaço físico da loja, investir mais em divulgação e marketing, além de lançar produtos novos. "Queremos reformular o cardápio, aumentar número de funcionários, tudo isso. E também permanecer no delivery."

Facebook: doceacasoaju

Instagram: doceacaso_

Região Norte

Região Nordeste

Região Centro-oeste

Região Sul

Região Sudeste


O conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado!

Foi um prazer te ajudar :)

Precisa de ajuda?

Nós temos especialistas prontos para atender você e o seu negócio de forma online e gratuita.

Acesse agora