SEI Controlar meu dinheiro

Objetivo

Fortaleça seu negócio aprendendo técnicas para aprimorar a gestão financeira de seu caixa e suas contas.

Público-alvo

Microempreendedor individual

Informações

Horário: -
Local: -
Valor: Gratuito
Telefone para contato: 0800-570-0800

Aprimore-se e aumente a sua competitividade

Você abriu a empresa e não sabe por onde começar a organizar suas finanças? Desenvolvemos a solução para este problema.

Com o SEI Controlar meu Dinheiro você vai aprender a controlar o caixa para facilmente aplicar no dia a dia do seu negócio. O objetivo é te ajudar a estabelecer práticas simples que podem fazer toda diferença no fim do mês.

Você vai aprender:

  • Técnicas e estratégias de gerenciamento do negócio.
  • Visão do uso correto do dinheiro.
  • Fluxo de caixa adequado e controlar as contas a pagar e a receber.
  • Estratégias de otimização dos resultados e fortalecimento dos pequenos negócios.

Como participar

Curso pela internet

No curso a distância, assim como todos os cursos a distância do SEI, a carga horária é de cinco horas para ser feito num prazo de 15 dias.

Mensagens pelo celular

Duas mensagens diárias durante 40 dias no seu celular para você aprender os princípios básicos do controle financeiro.

Curso presencial

No curso presencial você participará de dois encontros. O primeiro tem duração de quatro horas.

O segundo encontro, pode ser um curso de duas horas, atendimento de um Agente de Orientação Empresarial (AOE) ou consultoria no ponto de atendimento do Sebrae. A modalidade do segundo encontro será decidida a partir da necessidade de cada empresa.

Participando do curso presencial você receberá gratuitamente uma ferramenta para fazer a gestão financeira do seu empreendimento por um ano.

Saiba mais

Cartilha

Assim como o curso, a cartilha também vai te orientar a gerenciar suas finanças de maneira leve e simples.

Com ilustrações e tabelas que servem de exemplo para a aplicação no dia a dia do negócio é possível aprender a importância de uma correta gestão do fluxo de caixa, a fim de manter a saúde financeira da empresa.

Os exemplos colocados na cartilha vão te ajudar a fazer a gestão correta do fluxo de caixa, visualizando as situações que acontecem no seu dia a dia, o que vai facilitar a aplicação do que foi aprendido.

Audiolivro

Se você possui alguma limitação visual ou aprende melhor ouvindo do que lendo, ouça a cartilha SEI Controlar Meu Dinheiro.

Saiba mais

Veja nesses vídeos e áudios exemplos e orientações para o sucesso do seu empreendimento

Pequenos #SQN

Confira a série de programas preparados pelo Sebrae que mostra como microempreendedores individuais MEI desenvolveram seus negócios.

O negócio é o seguinte

Veja também os episódios sobre gestão financeira do programa de rádio e aprenda mais sobre o assunto.

O negócio é o seguinte (programa 37)

Ineide Pereira, MEI de Teresina (PI), aluga equipamentos para eventos. Saiba como ela aprendeu a nunca contar com o dinheiro antes de ele entrar no caixa.

O negócio é o seguinte (programa 37)

O negócio é o seguinte (programa 34)

Saiba como usar planilhas para controlar o estoque e o fluxo de pagamentos dos produtos de uma empresa.

O negócio é o seguinte (programa 34)

O negócio é o seguinte (programa 36)

Aprenda com Maria Julia Pereira, que faz massas caseiras, qual é o segredo dela para chegar ao fluxo de caixa ideal.

O negócio é o seguinte (programa 36)

O negócio é o seguinte (programa 35)

Audiley de Freitas, MEI de Tangará as Serra (MT), tem uma pequena fábrica de chocolates e conta como chegou ao valor correto de retirada de dinheiro.

O negócio é o seguinte (programa 35)

O negócio é o seguinte (programa 38)

Erick Moraes, MEI de Belém (PA), conta como se defende de possíveis calotes em seu negócio.

O negócio é o seguinte (programa 38)

O negócio é o seguinte (programa 32)

A carioca Cristine Gonçalves, moradora da Rocinha, conta como montou um salão de beleza baseada no controle do caixa.

O negócio é o seguinte (programa 32)

O negócio é o seguinte (programa 40)

A MEI Maria Irenilda, de Ariquemes (RO), conta como resolveu o problema da conta no vermelho em seu salão de beleza.

O negócio é o seguinte (programa 40)

O negócio é o seguinte (programa 31)

João Monção, de São Carlos (SP), é MEI e trabalha como contador. Aprenda com ele algumas dicas para controlar as finanças da sua empresa.

O negócio é o seguinte (programa 31)

O negócio é o seguinte (programa 39)

O chaveiro Everton Santos, de Curitiba (PR), conta os segredos para comprar bem e lucrar quando a concorrência aperta.

O negócio é o seguinte (programa 39)

O negócio é o seguinte (programa 33)

Dilce Mioto, cabeleireira e MEI de Corumbá (SC), decidiu entender como controlar o dinheiro de seu salão. Aprenda com ela os detalhes do fluxo de caixa.

O negócio é o seguinte (programa 33)


.

Acesse a página principal das Soluções SEI

O conteúdo foi útil para você?

  • Sim
  • Não

Enviado com sucesso! Agradecemos sua ajuda.


Compartilhe: