this is an h1

this is an h2

Pular para o conteúdo principal
Agente de propriedade industrial
Indicações Geográficas aplicadas ao setor de gemas e joias
Este é um resumo do dossiê técnico, baixe ou envie para o seu e-mail o material completo.
imagem azul claro com detalhes geeometricos azul escuro
Resumo do dossiê

As Indicações Geográficas (IGs) configuram-se como certificações de origem que atestam o reconhecimento de uma região, por parte da sociedade, como produtora de determinado serviço ou produto. No Brasil, as IGs são classificadas como um tipo de Propriedade Industrial, sendo regulamentadas pelo Instituto Nacional da Propriedade Intelectual (INPI). A função central das IGs é valorizar produtos típicos e garantir a procedência dos mesmos, associando os produtos às suas regiões de origem. Como prática relativamente nova e pouco difundida no país, em especial no setor de gemas e joias, o tema carece de estudos e ações, já que configura-se como estratégia viável, em voga em todo o mundo, para a valorização de produtos. O texto a seguir apresenta os conceitos, benefícios, dificuldades e burocracias do registro de IGs em gemas e joias no Brasil, apresentando como exemplo o caso da Indicação de Procedência às Opalas e joias artesanais produzidas no município de Pedro II no Piauí.

Instituição responsável

IEL/MG Instituto Euvaldo Lodi - Regional Minas Gerais

Data do dossiê

09/01/2014

Baixe o conteúdo completo ou envie para o seu e-mail
A resposta não atendeu a sua necessidade? Envie uma pergunta. Enviar pergunta
Procurando ideias de negócios?

Temos mais de 300 opções para te ajudar a tirar os planos do papel e começar a empreender.

Confira agora