this is an h1

this is an h2

50 anos do Sebrae: celebração da data de fundação começa em Brasília

Culto ecumênico e hasteamento de bandeiras marca o início das atividades, que terão o ator Dan Stulbach como mestre de cerimônias em dois eventos na capital federal

Hasteamento das bandeiras abre dia do cinquentenário do Sebrae, em Brasília (Foto: Erivelton Viana - Sebrae)

A celebração da data de criação do Sebrae, fundado em 5 de julho de 1972, começou há pouco com hasteamento de bandeiras e culto ecumênico na sede nacional, em Brasília. Diversas atividades estão previstas para ocorrer ao longo do dia na capital federal e nas unidades estaduais da instituição, que se tornou a principal referência de apoio às micro e pequenas empresas e aos microempreendedores individuais (MEI) no país.

Logo mais, o Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB), em Brasília, recebe dois eventos da celebração. O ator e apresentador Dan Stulbach será o mestre de cerimônia. O primeiro dos eventos, à tarde, com transmissão online, contará com um vídeo especial sobre os eixos de atuação do Sebrae em favor dos pequenos negócios ao longo de sua existência, além de falas ao vivo dos atuais dirigentes. À noite, será contada história das cinco décadas da instituição, tendo como pano de fundo fatos marcantes em cada uma delas no Brasil e no mundo.

Nos dois eventos, haverá apresentação dos filmes e peças publicitárias criados para a celebração do cinquentenário, cuja veiculação começa hoje. O tema é a conexão dos pequenos negócios com o Brasil, mostrando como o setor contribui para o desenvolvimento socioeconômico, beneficiando 86 milhões de brasileiros, cerca de 40% da população.

Na programação do dia, estava incluído o lançamento do "Atlas dos Pequenos Negócios", por meio de coletiva de imprensa com a divulgação de dados inéditos, como a revelação de que a renda gerada pelo setor é de R$ 420 bi por ano. Ainda na programação: a abertura da Exposição 50+50 e a inauguração do Mural dos Colaboradores.

A Exposição 50+50 busca proporcionar uma experiência imersiva, levando o visitante a mergulhar na história da instituição e, por consequência, na trajetória do desenvolvimento do país. Contém imagens, documentos históricos e espaço tecnológico, com conteúdo relacionados ao trabalho do Sebrae em favor do pequeno negócio no Brasil. O Mural dos Colaboradores se destina ao reconhecimento da contribuição dos colaboradores à construção do Sebrae, por meio de placas com os nomes e ano de registro.

A celebração gira em torno do tema "Criar o futuro é fazer história", síntese do Projeto Sebrae 50+50, desenvolvido para mostrar o que a instituição faz no presente e o que espera para o futuro, tendo como referência suas conquistas e aprendizados do passado.

O Sebrae nasceu em 1972, como Cebrae, assim mesmo com C, sigla de Centro Brasileiro de Assistência Gerencial à Pequena e Média Empresa, numa sala modesta no centro do Rio de Janeiro, com poucos funcionários. A criação foi uma iniciativa do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico (BNDE, hoje BNDES), vinculado ao então Ministério do Planejamento e Coordenação-Geral. Em 1990, passou a instituição autônoma, com o nome de Sebrae, com S, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, desvinculada do governo federal.