this is an h1

this is an h2

Inovação | MELHORIA NA COMPETITIVIDADE
Usuários buscam interatividade dos dispositivos

Com o desenvolvimento de objetivos e aparelhos que funcionam em rede, o meio digital está cada vez mais integrado à realidade.

· 30/11/2015 · Atualizado em 30/09/2016
Imagem de destaque

No Fórum Econômico Mundial realizado em janeiro de 2016 em Davos, na Suíça, estudiosos de todo o mundo discutiram o início da Quarta Revolução Industrial e apontaram o setor de Tecnologia da Informação (TI) como uma das áreas mais promissoras da economia para os próximos anos.

A marca desse novo momento é o forte avanço da mobilidade, da conectividade e das tecnologias digitais como um todo. Com o constante avanço da internet e a evolução de tecnologias de rede sem fio, os dispositivos com funcionamento em rede tornaram-se uma grande tendência.

Objetos que antes funcionavam individualmente passam a funcionar juntos. E, a fim de facilitar atividades rotineiras, essa integração entre os aparelhos é cada mais vez automatizada e menos dependente da intervenção do usuário.

Já é possível, por exemplo, estabelecer uma conexão sem fio entre dispositivos móveis, como smartphones e tablets, e outros objetos, como TVs, lâmpadas, sistemas de som, câmeras de segurança etc.

Peças de se vestir, a exemplo de pulseiras e calçados, também podem ser dotadas de sensores que transmitem informações como velocidade, frequência cardíaca, número de passos, entre outras.

Os ambientes físico e virtual passam a funcionar de forma conjunta, já que, além das funções originais, os equipamentos também passam a coletar e transmitir informações. Com isso, várias áreas de atuação para novos negócios são abertas.

Exemplos práticos

Em diversas atividades cotidianas, essa interatividade já pode ser experimentada, mas ainda há um grande potencial a ser explorado. É um mercado com muitas oportunidades para empreendedores que consigam desenvolver soluções inovadoras.

Aparelhos comuns, como eletrodomésticos, podem ser produzidos com diversos tipos de sensores e permitir também a integração com smartphones. Há aspiradores de pó, por exemplo, que reconhecem os locais que já foram limpos e identificam os móveis para que não esbarrem neles. Também podem ser comandados a distância, pela internet, e monitorados por câmeras integradas.

Empresas de transporte também podem acompanhar a temperatura das cargas e saber se elas estão armazenadas de maneira correta. Ao mesmo tempo, têm acesso à localização dos veículos, recebem informações sobre o trânsito e indicações sobre as melhores rotas.

Cada vez mais objetos, aparelhos eletrônicos e automóveis são idealizados visando a essa integração. Pela facilidade do acesso, já que estão disponíveis na palma da mão, atualmente, os smartphones têm sido colocados como o centro de controle da maior parte dessas mudanças que promovem a interatividade.

Adequação à tecnologia

É fundamental investir em tecnologias que tornem as rotinas dos clientes mais ágeis, intuitivas e transparentes, por isso, quem pretende empreender na área de TI deve buscar se profissionalizar e precisa estar constantemente atualizado.

Com o aumento da busca pela conectividade e integração, é importante que as malhas de dispositivos permitam o acesso a distância e também agreguem redes sociais, aplicativos, redes de informação e serviços.

Com essas tecnologias chegando cada vez mais rápido ao consumidor, as empresas também precisam se modernizar e estar prontas para responderem à demanda crescente.

É necessário ter uma rede de dados potente para sustentar o aumento do fluxo de informações, consequência da interatividade entre o virtual e o real.

O investimento em segurança digital também é um ponto que não pode ser negligenciado, já que as informações dos usuários estarão disponíveis em diversos aparelhos ao mesmo tempo e haverá uma grande sincronização entre eles.

Artigo produzido pela Avante Brasil em coautoria com a Coordenadora Nacional de Tecnologia da Informação, Rosana Cristóvão de Melo, e informações da Gartner.
 
 

O conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado!

Foi um prazer te ajudar :)

Precisa de ajuda?

Nós temos especialistas prontos para atender você e o seu negócio de forma online e gratuita.

Acesse agora