Capital de giro é o dinheiro necessário para financiar a continuidade das operações da empresa. São os recursos para pagar impostos, salários e fornecedores (compra de matéria-prima ou mercadorias de revenda); financiar clientes (nas vendas a prazo); manter o estoque; e arcar com as demais despesas operacionais.

Conforme o próprio nome indica, o capital de giro está relacionado a todas as contas financeiras que movimentam o dia a dia da empresa.

 

A necessidade de capital de giro representa a diferença entre o montante de recursos aplicados (A) e o total dos recursos que a empresa consegue para financiar o capital de giro (B).

Fonte: Sebrae

Tags:

Fale com o Sebrae

Converse online, por chat ou email, com os técnicos do Sebrae
para tirar dúvidas e receber orientações sobre o seu negócio.
É gratuito!

Converse agora