ac am rr pa ap ma pi ce rn pb pe al se ba to mt ro ms go df mg es rj sp pr sc rs
  • RSRio Grande do Sul
  • SCSanta Catarina
  • PRParaná
  • SPSão Paulo
  • MSMato Grosso do Sul
  • RJRio de Janeiro
  • ESEspírito Santo
  • MGMinas Gerais
  • GOGoiás
  • DFDistrito Federal
  • BABahia
  • MTMato Grosso
  • RORondônia
  • ACAcre
  • AMAmazonas
  • RRRoraima
  • PAPará
  • APAmapá
  • MAMaranhão
  • TOTocantins
  • SESergipe
  • ALAlagoas
  • PEPernambuco
  • PBParaíba
  • RNRio Grande do Norte
  • CECeará
  • PIPiauí
menu Sebrae

Cursos e Eventos

Cursos e Eventos presenciais

Confira a programação do Sebrae no seu estado e inscreva-se já.

Cursos Online

Matricule-se nos cursos online 100% gratuitos e estude sem sair de casa.

Tue Jan 28 15:25:23 GMT-03:00 2020
Empreendedorismo
Conheça as vantagens de ser MEI!
Com o crescimento do número de profissionais autônomos no Brasil, o termo MEI vem se tornando mais conhecido.
Compartilhar
Favoritar

    Salvo na lista de favoritos

Vantagens do MEI

Conheça as vantagens de ser MEI e seja dono do próprio negócio agora mesmo!

Com o crescimento do número de profissionais autônomos no Brasil, o termo MEI vem se tornando mais conhecido. A sigla significa Microempreendedor Individual, esse é o registro oficial para quem é autônomo ou atua com negócio próprio.

O Microempreendedor Individual (MEI) foi criado para beneficiar os empreendedores informais que prestam serviços simples, mas não recolhem tributos e, por isso, deixam de ter cobertura previdenciária e acesso a políticas de fomento empresariais.

Confira as abaixo as principais vantagens e meios para ser tornar um MEI e comece sua jornada empreendedora!

Vantagens de tornar-se MEI

1. Quem se formaliza passa a ter direito à cobertura previdenciária do INSS (aposentadoria por idade, auxílio-doença, salário-maternidade, entre outros benefícios previdenciários).

2. Além disso, o MEI é registrado no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ) e, assim, pode emitir notas fiscais, abrir conta bancária empresarial e ter acesso a linhas de crédito específicas.

3. O MEI pode participar de licitações públicas (vender para o governo, e está dispensado de escrituração contábil e do levantamento anual do balanço patrimonial e de resultado econômico.

Para o MEI é tudo mais simples. Não há taxa de registro, a cobrança dos tributos é mais barata e em valor fixo mensal os controles são simplificados, é possível ter acesso a serviços gratuitos e ainda ter segurança jurídica para desenvolver o negócio.

Quais são os passos para a formalização?

Antes de se cadastrar como Microempreendedor Individual, é importante conhecer os critérios, leis, atividades permitidas, enfim, ter todas as informações em mãos para se tornar um empreendedor, envolvendo o faturamento anual, número de funcionários, ter ou não sócios na empresa, a atividade que será exercida, o perfil dos clientes, ou seja, diversos aspectos devem ser considerados.

Para virar MEI, basta fazer um cadastro bem fácil no site portaldoempreendedor.gov.br. Mas antes de se registrar como MEI, é necessário que o empresário verifique na prefeitura se a atividade que vai exercer é liberada no endereço informado, segundo a lei de zoneamento, e as demais exigências conforme o ramo de atividade.

Para isso, leia atentamente e, qualquer dúvida, consulte o  Portal do Empreendedor.

Gostou do nosso artigo?

Clique no botão abaixo e faça o download agora mesmo do nosso material exclusivo "O Guia Definitivo do MEI", Nele você encontrará todas as informações necessárias para começar sua jornada empreendedora.

Compartilhar
Favoritar

    Salvo na lista de favoritos

O conteúdo foi útil para você?

Conteúdo relacionado

Converse online com o Sebrae

Tire suas dúvidas em tempo real e receba dicas sobre os seus negócios
diretamente dos nossos especialistas em pequenas e microempresas.
Um serviço gratuito para você.

Converse agora