Pular para o conteúdo principal
Mon Jan 27 16:27:43 GMT-03:00 2020
Finanças | FINANCIAMENTO

Saiba o que é o Proex

Veja e entenda quais vantagens este programa de financiamento oferece à empresas do ramo de exportação.

· 22/12/2017 · Atualizado em 27/01/2020

Proex

Programa de Financiamento às Exportações (Proex) é um instrumento do Governo Federal de financiamento às exportações brasileiras de bens e serviços, voltado principalmente ao apoio das exportações de micro e pequenas empresas. O Banco do Brasil é responsável pelo programa.

Serviços e bens financiados pelo Proex

Com exceção das commodities, toda a pauta de bens são financiados. Caso queira saber se determinado produto é elegível ao financiamento, consulte o Banco do Brasil através de suas agências em sua cidade.

Além disto, o programa também financia outros tipos de serviços, como:

  • Serviços de manutenção e reparação de máquinas e equipamentos;

  • Construção;

  • Contabilidade;

  • Consultoria;

  • Serviços jurídicos.

Como funciona o Proex

O Proex consiste no financiamento direto ao exportador brasileiro, que recebe o valor da exportação à vista, oferecendo ao importador prazo para pagamento de transação. Este mecanismo é utilizado para dar apoio às exportações de micro e pequenas empresas.

Quem pode utilizar

Qualquer empresa brasileira exportadora de bens e serviços com faturamento bruto anual de até R$ 600 milhões.

Garantias

  • O exportador deve oferecer algumas garantias para obter o financiamento, são elas:

  • Carta de crédito;

  • Aval (obtido junto à uma instituição financeira);

  • Fiança (obtido junto à uma instituição financeira);

  • Seguro de crédito à exportação (obtido junto à Seguradora Brasileira de Crédito à Exportação);

  • Mesmas garantias apresentadas para tomar financiamento de capital de giro em suas operações de mercado interno, o que depende da análise do Banco do Brasil.

Pré-requisitos

Para obter o crédito, o exportador deve estar em situação regular junto ao INSS, FGTS, Receita Federal, não podendo estar inscrito em Dívida Ativa da União. A regularidade fiscal do exportador pode ser comprovada mediante a apresentação de:

  • Certidão Negativa de Débitos junto ao INSS;
  • Certidão Conjunta Negativa de Débitos relativos a Tributos e à Dívida Ativa da União.

Onde contratar

Em qualquer agência do Banco do Brasil em sua cidade. É necessário apresentar documentos como:

  • Registro de Exportação Averbado e vinculado ao RC;

  • Fatura Comercial;

  • Conhecimento de Transporte Internacional;

  • Certificado de Origem;

  • Original do instrumento de garantia;

  • Documentos comprobatórios de regularidade fiscal.

O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado do Amapá - Sebrae, apoia aos pequenos negócios. Então, confira em nosso Portal outros assuntos que vão ajudar seu negócio a crescer ainda mais.

Compartilhar

O conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado!

Foi um prazer te ajudar :)

Conteúdo relacionado

Fale com o Sebrae

Converse online, por chat ou email, com os técnicos do Sebrae
para tirar dúvidas e receber orientações sobre o seu negócio.
É gratuito!

Converse agora