this is an h1

this is an h2

Wed Nov 24 09:13:00 BRT 2021
Leis | DIREITO DIGITAL
LGPD: sua empresa está realmente preparada?

Veja 3 dicas básicas para ter sucesso na implementação e administração da LGPD

· 24/11/2021 · Atualizado em 24/11/2021

Caso você não saiba, a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) veio para mudar a forma de como os negócios coletam, tratam, armazenam e utilizam esses dados, seja de seus próprios clientes ou dos colaboradores. Assim, essa legislação foi implementada para oferecer mais autonomia e uma responsabilidade ainda maior por parte das empresas com relação aos dados armazenados.

Contudo, percebemos que diversos negócios ainda não sabem como implementar essa lei nos processos internos, principalmente no tratamento de dados pessoais sensíveis. Quer saber como tornar a sua empresa ainda mais coerente com a LGPD?

Então, confira o nosso artigo até o final e veja 3 dicas básicas para ter sucesso na implementação e administração desta lei em seus processos internos.

1. Faça o mapeamento de todos os dados

Para que a sua empresa tenha total sucesso na implementação da LGPD em seus processos internos, é necessário voltar ao começo. Ou seja, é necessário entender os devidos conceitos e diretrizes da Lei Geral de Proteção de Dados e fazer o mapeamento de todos os locais onde dados pessoais são utilizados dentro da empresa.

Lembrando que esse mapeamento precisa buscar processos além do óbvio, ou seja, levar em consideração a finalidade e como esses dados estão sendo coletados e compartilhados, seja de modo externo ou interno.

2. Escolha colaboradores e crie uma equipe interdisciplinar

Um dos primeiros passos para que sua empresa consiga se adequar às normas da LGPD é realizar a criação de um grupo interdisciplinar, com a devida participação dos setores de TI e segurança da informação. Além disso, o setor jurídico, de marketing, o de governança corporativa, relacionamento e departamento pessoal também precisam estar presentes nessa equipe.

Eles terão o objetivo de realizar estudos sobre a legislação e suas diversas perspectivas, mapeando processos internos e os devidos riscos do negócio. Depois disso, devem elaborar ideias em relação à proteção de dados para todos os funcionários, clientes e leads.

3. Não se esqueça da criptografia

Caso você não saiba, a criptografia digital nada mais é do que uma excelente aliada quando o assunto é a proteção de dados digitais.

Essa tecnologia, que serve para realizar a codificação de documentos e mensagens, está cada vez mais presente no mercado, à medida que a tecnologia adentra os setores do mercado. Assim, esse recurso servirá como uma forma de fortalecer o compliance dentro dos negócios, que já é crucial para a implementação da LGPD em âmbito interno.

De forma prática, o certificado digital acaba se tornando uma identidade do colaborador, e ainda oferece mecanismos para que ele esteja totalmente protegido contra fraudes. Sem contar que pode ser usado para assinaturas digitais, o que oferece ainda mais segurança e menos riscos e é mais fácil para armazenar, comparando-se aos papéis impressos.

Gostou desse artigo? Agora que você já conhece as principais formas de preparar sua empresa para as normas da LGPD, que tal conhecer os nossos serviços? Faça um passeio pelo nosso site e saiba como podemos ajudar sua empresa a desenvolver-se ainda mais no mercado com a implementação dessa nova lei dentro de suas atividades.

 


O conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado!

Foi um prazer te ajudar :)

Precisa de ajuda?

Nós temos especialistas prontos para atender você e o seu negócio de forma online e gratuita.

Acesse agora