COMÉRCIO

Práticas de Empreendedorismo para Salões de Beleza

Reúna informações importantes sobre a relação salão-parceiro e profissional-parceiro para alavancar os resultados de seu salão.

O setor de beleza

A cadeia produtiva de beleza é uma cadeia abrangente e diversificada, envolvendo empreendimentos de diferentes naturezas e portes. O faturamento dessa cadeia representou 1,8% do PIB nacional e 9,4% do consumo mundial. Esse cenário exemplifica o elevado potencial de geração de renda e de postos de trabalho e a relevância do segmento de beleza no desenvolvimento econômico e social do país. 

  • Dados do Portal do Empreendedor em maio de 2016, indicam 600.224 MEIs no segmento de Beleza.
  • Salões de beleza no Brasil já contam com mais de 626.000 empreendimentos formais.
  • A cadeia produtiva de beleza teve um faturamento R$ 101.7 bilhões.
  • O Brasil é o 3º maior mercado mundial de beleza.

Apesar dos números, o segmento apresenta diversas carências, como elevado grau de informalidade; carência de formação dos empreendedores quanto à gestão de seus negócios e à técnica profissional; ausência e/ ou desconhecimento de normas técnicas, sanitárias e ambientais, de funcionamento e precariedade de funcionamento, dentre outras.

O Sebrae elaborou uma cartilha para ajudar você a rastrear as carências de seu negócio e solucioná-las. Faça o download:

O conteúdo foi útil para você?

  • Sim
  • Não

Enviado com sucesso! Agradecemos sua ajuda.


Compartilhe: