Tue Oct 20 13:16:06 GMT-03:00 2020
Mercado e Vendas
Guia prático para alimentos e bebidas em tempos de covid-19
Este guia tem como objetivo apoiar, de forma prática, a gestão dos pequenos negócios em momento de crise.
  • Você precisa definir
  • Você precisa saber
  • Você precisa fazer

Atualizado em 20/10/2020

Retomada Segura das Atividades: Bares, Lanchonetes e Restaurantes
Retomada Segura das Atividades: MEI de Alimentação
Retomada Segura das Atividades: Panificadoras e Confeitarias
Retomada Segura das Atividades: Lojas de Rua e Lojas de Shoppings

O distanciamento social é uma realidade. Tentativas de retardar a propagação do coronavírus levaram muitos governos estaduais a determinarem o fechamento de serviços não essenciais, como bares e restaurantes. Tais medidas trarão impactos, principalmente, ao setor de serviços que representa mais de 75% do PIB brasileiro. O segmento de alimentação fora do lar é um dos mais afetados nessa crise econômica gerada pelo Covid-19. De uma hora pra outra, restaurantes fecharam seus salões e se viram obrigados a sobreviver de entregas em domicílio (delivery) e de entregas no local (take away). O que fazer para amenizar os efeitos dessa crise?

 

 

Se você precisa de ajuda na gestão do seu negócio, para a retomada das atividades, a Consultoria Express pode ajudar com planejamento para que você possa reabrir a sua empresa com mais tranquilidade. São 04 horas de atendimento exclusivo e gratuito para o seu negócio, na área que você mais necessita nesse momento. Clique aqui para solicitar.

Você precisa definir

Clique na imagem acima e baixe o e-book especialmente produzido pelo SEBRAE.

Foque naquilo que você pode resolver agora e que está sob o seu controle. Dessa forma você poderá desenhar soluções para sobreviver neste momento difícil. É preciso entender, exatamente, quanto tempo é possível continuar funcionando com o que você tem em caixa. O foco nesse momento é diminuir custos cortando tudo o que o que não é essencial para a sobrevivência do seu modelo de negócios e buscar alternativas para gerar receita suficiente para que você pague as contas ou não se endivide demais. São grandes as chances de que analisando seus custos, você identifique onde é possível deixar de gastar dinheiro. Nesse momento é muito mais fácil economizar do que conseguir novas vendas.

As principais decisões passam, necessariamente, por pessoas. De funcionários, a fornecedores, custos e tributos... todas as decisões levam em consideração o entendimento entre pessoas que representam essas partes. É hora de conversar, entender, negociar, articular, formar redes. A solução, na grande maioria das vezes, está fora do seu negócio.

Fornecedores. Seus gastos mensais sustentam uma série de pessoas e pequenos negócios que estão sendo muito impactados neste momento assim como você. Pense quem são e, se você tiver condições, não cancele o seu fornecedor. Um, necessariamente, depende do outro para sair dessa crise.

Cliente. Agora chegamos na parte que talvez seja a mais crítica de toda a situação, as receitas. Com o fechamento de diversos estabelecimentos, pode parecer impossível ter qualquer resultado. Mais do que nunca precisamos utilizar a criatividade e engajar quem paga pelo seu serviço - o cliente.

Você precisa saber

Nesse momento, existe uma grande mobilização no sentido de ajudar os pequenos negócios como o seu. Fique de olho em tudo que pode ajudar você nesse desafio, considerando também as medidas adotadas pelo governo. O setor de serviços corresponde a cerca de 60% dos empregos do país e para evitar uma forte recessão, diversas medidas estão sendo publicadas.

Protocolos setoriais para evitar transmissão da Covid-19 - Governo do Estado de Pernambuco

Varejo – Protocolo de convivência
Shopping Centers – Protocolos de convivência
Protocolo geral de convivência

Você sabia que o Sebraetec Express oferece atendimento especial e gratuito, nas áreas de Design e Biossegurança? São consultorias que vão ajudar você com a criação de layouts para o seu negócio. Também para criar um plano de ação que vai orientar sua empresa para boas práticas de higiene e de cuidados contra o Coronavírus, para a retomada segura dos seus clientes e para seu ambiente de negócio. Tem interesse? Clique aqui e saiba mais.

 

Acesso a Crédito. Quer saber mais? Acesse nossa página.

 

Confira as atualizações semanais do plano de retomada de Pernambuco:

19/10/2020

Municípios nos arredores de Garanhuns, Arcoverde, Salgueiro, Petrolina e Serra Talhada avançam para a Etapa 10 e poderão abrir parques, ampliar capacidade de cinemas e realizar eventos com até 300 pessoas

 O Governo de Pernambuco, após análise do Gabinete de Enfrentamento ao Novo Coronavírus, autorizou para esta segunda-feira (19) o avanço das Gerências Regionais de Saúde (Geres) V, VI, VII, VIII e XI – que reúnem cidades do Agreste e do Sertão – para a Etapa 10 do Plano de Convivência com a Covid-19.

Desse modo, se igualam à RMR, Zona da Mata e parte do Agreste as regiões que têm como cidades polo Garanhuns, Arcoverde, Salgueiro, Petrolina e Serra Talhada, respectivamente. Com a medida, 161 municípios (87,5% do total) estarão na ETAPA 10.

 Com o avanço, essas Geres poderão realizar eventos corporativos, culturais e sociais para até 300 pessoas ou 50% da capacidade do espaço, o que for menor. Também poderão reabrir parques de diversão, temáticos e similares, com a adoção de novos protocolos. Cinemas e teatros poderão ampliar sua capacidade de lotação para 50%.

ARARIPE E POLO AFOGADOS DA INGAZEIRA

As 23 cidades ligadas às Geres 9 e 10, encabeçadas pelas cidades-polo Ouricuri e Afogados da Ingazeira, no Sertão do Estado, permanecem na Etapa 9.

 

Detalhamento completo:

 

Você precisa fazer

Use a criatividade para vencer esse período. Assista e saiba como.

 

O isolamento social atualmente determinado pelo governo estadual impossibilita a realização de serviços de alimentação fora do lar, o que potencializa entregas em domicílio. Uma atuação digital apresenta oportunidades reais para o futuro do seu negócio que precisa ser levado em consideração desde já.

Quer saber mais? Assista aos nossos vídeos abaixo.

Modelagem de Negócio:

Canais de Vendas

Como montar um serviço de Delivery

Manipulação de alimentos e recomendações de limpeza:

Higiene na produção

Limpeza dos ambientes, equipamentos e utensílios

Entrega para o cliente

 

Temos esse material com dicas de como retomar as atividades, acesse aqui. As redes sociais são importantes canais nesse contexto.

Mostre que você continua ativo, veja essa dica.

Preste serviços online ao cliente. Aproveite sua experiência para auxiliar e ensinar o seu público a lidar com essa situação. Abra um canal direto para passar informações importantes sobre práticas de higiene e cuidados na manipulação de alimentos durante o período de isolamento social. Aproveite para se cadastrar em plataformas de delivery ou ter sua própria operação de entrega.

Abuse de seus dotes de vendedor. Nesse momento, a entrega de produtos em domicílio é permitida. Se você vende algum tipo de produto em seu negócio, essa é a hora de disseminar e estimular a venda para seus clientes. 

Para dar visibilidade aos seus produtos e serviços, você pode criar anúncios no Instagram e Facebook.

Garanta Serviços Futuros. Receber antecipadamente pelos serviços pode ser extremamente útil neste momento em que você precisa de capital. Construir uma estratégia de voucher ou cartão-presente pode ser uma saída interessante para o seu negócio. Pense em formas atrativas de chamar atenção do cliente para a causa em si e se organize para realizar esses atendimentos futuramente de forma a não impactar sua estrutura. Confira aqui

Adapte o seu menu de opções. Com o isolamento, as pessoas buscam, além de qualidade e saúde, o preço, já que os pedidos podem se tornar mais recorrentes. Nesse sentido é fundamental repensar o mix de produto disponível. O que funciona presencialmente pode não funcionar para o delivery.

Crie kits "Faça Você Mesmo". Outro movimento que surge com o isolamento é o aumento do número de pessoas que cozinham em casa. Uma boa possibilidade é preparar um kit com ingredientes ou vídeos que ensinem como fazer para que as pessoas reproduzam as receitas de seu bar ou restaurante em casa. Uma ótima maneira de aumentar o relacionamento com os clientes, bem como para dar saída no estoque de produtos.

Preocupe-se ainda mais com a higiene. O segmento de alimentação fora do lar já possui uma série de cuidados relacionados à alimentação segura, que compreende o manuseio e higiene de alimentos. Reforce isso ainda mais, tanto do lado da empresa, ao fazer e entregar, como do cliente, ao receber e consumir.

Confira uma lista de cursos online gratuitos que vão ajudar você a colocar em prática essas dicas:

> WhatsApp Business como ferramenta de vendas

> Como inserir sua empresa em marketplaces

> Como anunciar no Instagram e Facebook

> Marketing Digital para Empreendedores

Acesse a programação de cursos online gratuitos em http://loja.pe.sebrae.com.br.

Não achou o que procurava? confere esses:

Boas Práticas nos Serviços de Alimentação

Como Captar Recursos para o seu Negócio

> Como Construir uma Loja Virtua

Como Usar Sites de Busca para Sua Empresa

Como vender pela internet na crise do coronavírus

Estratégias de Vendas para Comércio Eletrônico

Gestão Estratégica para Comércio Eletrônico

Inovação

Logística para Comércio Eletrônico

Outros cursos online e gratuitos do Sebrae em parceria com a Abrasel:

Como aumentar vendas utilizando canais de delivery

Gestão da Qualidade e segurança de alimentos

Como Gerenciar Fornecedores

O Sebrae não vai parar! Preserva a sua saúde e nós ajudamos você a cuidar do seu negócio.

#NenhumaEmpresaAMenos

 

Quer conferir mais dicas? Acesse nossa página especial com conteúdos relacionados ao novo Coronavírus.

 

 

O conteúdo foi útil para você?

Fale com o Sebrae

Converse online, por chat ou email, com os técnicos do Sebrae
para tirar dúvidas e receber orientações sobre o seu negócio.
É gratuito!

Converse agora