ac am rr pa ap ma pi ce rn pb pe al se ba to mt ro ms go df mg es rj sp pr sc rs
  • RSRio Grande do Sul
  • SCSanta Catarina
  • PRParaná
  • SPSão Paulo
  • MSMato Grosso do Sul
  • RJRio de Janeiro
  • ESEspírito Santo
  • MGMinas Gerais
  • GOGoiás
  • DFDistrito Federal
  • BABahia
  • MTMato Grosso
  • RORondônia
  • ACAcre
  • AMAmazonas
  • RRRoraima
  • PAPará
  • APAmapá
  • MAMaranhão
  • TOTocantins
  • SESergipe
  • ALAlagoas
  • PEPernambuco
  • PBParaíba
  • RNRio Grande do Norte
  • CECeará
  • PIPiauí
menu Sebrae

Cursos e Eventos

Cursos e Eventos presenciais

Confira a programação do Sebrae no seu estado e inscreva-se já.

Cursos Online

Matricule-se nos cursos online 100% gratuitos e estude sem sair de casa.

Thu Mar 24 17:21:48 GMT-03:00 2016
Organização
Empreendedorismo em alta
Editorial do Presidente

Quatro em cada dez brasileiros com idade entre 18 e 64 anos escolhem o mundo dos negócios como fonte de renda. Conforme revela a nova pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM) 2015, a taxa de empreendedorismo no País é de 39,3%, o maior índice dos últimos 14 anos e quase o dobro do registrado em 2002, quando a taxa era de 20,9%.

Este número nos faz perceber que o empreendedorismo tornou-se, principalmente no último ano, uma alternativa da população em meio à crise econômica pela qual atravessa o País. Neste sentido, é primordial seguir aperfeiçoando as políticas governamentais, o apoio financeiro - como adequação das linhas de crédito à realidade do empreendedor - , bem como ampliar os esforços na educação e capacitação destes empresários e futuros empreendedores.

Por outro lado, é notável que o empreendedorismo está no DNA do brasileiro, que prefere ter o próprio negócio do que fazer carreira numa empresa, por exemplo. Hoje, organizações de apoio como o SEBRAE, eventos de empreendedorismo, ações de políticas públicas, além de um ecossistema empreendedor com incubadoras e aceleradoras são fatores que favorecem o empreendedorismo em nossa sociedade.

A pesquisa GEM também revela que 56% daqueles que estão criando ou já abriram uma empresa identificaram uma oportunidade, número que sofreu uma queda em relação aos últimos anos. O aumento de incentivos como a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa influenciou o forte crescimento do empreendedorismo por oportunidade, que pode ter voltado a um patamar mais equilibrado quando comparado com o empreendedorismo por necessidade justamente em virtude da instabilidade pela qual passa o Brasil.

Em 2015, 44% dos envolvidos com a criação de um negócio o fizeram por necessidade, mas isso não significa, necessariamente, ausência de planejamento ou qualificação. Caso este empreendedor tenha se apressado, o SEBRAE/RS está aberto para orientá-lo nas mais diversas questões, dependendo de sua necessidade. Conhecer o mercado onde vai atuar, os clientes, os concorrentes e os fornecedores é fundamental em qualquer situação. Fazer um bom plano de negócio pode garantir o bom desempenho e o futuro da empresa.

Carlos Rivaci Sperotto
Presidente do Conselho Deliberativo Estadual do SEBRAE/RS

Compartilhar
Favoritar

    Salvo na lista de favoritos

O conteúdo foi útil para você?

Converse online com o Sebrae

Tire suas dúvidas em tempo real e receba dicas sobre os seus negócios
diretamente dos nossos especialistas em pequenas e microempresas.
Um serviço gratuito para você.

Converse agora