this is an h1

this is an h2

Pular para o conteúdo principal
Empreendedorismo
Gestão pública em debate
Evento do Programa Cidade Empreendedora, do Sebrae/SC, reúne secretários municipais e agentes de desenvolvimento para debater a eficiência e a inovação na gestã

 

 Nos dias 1º e 2 de setembro, secretários municipais catarinenses e agentes de desenvolvimento dos municípios que participam do 3º ciclo do Programa Cidade Empreendedora estarão reunidos em Florianópolis para participar da 3ª edição do Fórum Estadual de Secretários e Encontro Estadual de Agentes de Desenvolvimento, evento promovido pelo Programa Cidade Empreendedora, do Sebrae/SC. O evento será realizado a partir das 8h30, no Resort Costão do Santinho, em Florianópolis, e seguirá todas as medidas de segurança necessárias pela pandemia da Covid-19.

 O Gerente de Desenvolvimento Regional do Sebrae/SC, Paulo Cesar Sabbatini Rocha, explica que objetivo é promover a integração entre os agentes públicos e oferecer conteúdos que motivem a inovação na gestão pública, visando o desenvolvimento econômico dos municípios catarinenses. “Ao promover esses encontros, o Sebrae/SC visa reunir e fortalecer os laços entre os prefeitos, os agentes de desenvolvimento e os secretários de todo o Estado, além de fornecer subsídios para a promoção de estratégias de desenvolvimento econômico local e contribuir com a competitividade dos micro e pequenos negócios”, comenta Paulo.

 A programação do evento foi baseada nos conceitos que norteiam a atuação do terceiro ciclo do Programa Cidade Empreendedora, que são cidades humanas, inteligentes e sustentáveis. Entre os temas em debate, destaque para desburocratização, gestão pública eficiente e inovação na gestão pública. Durante os dois dias também serão apresentados cases de sucesso do Programa Cidade Empreendedora.

 O gestor estadual do Programa Cidade Empreendedora, Edgar Macedo Júnior, do Sebrae/SC reforça que iniciativas como essas são importantes para o compartilhamento de experiências que resultam em iniciativas mais assertivas de desenvolvimento econômico. “Os municípios, de maneia geral, precisam estar ainda mais atentos a importância dos pequenos negócios em uma comunidade. Mais do que ser um contribuinte eventual, as micro e pequenas empresas são formadoras e desenvolvedoras do tecido social. Por isso, ter uma prefeitura disposta a inovar na gestão em prol dos pequenos negócios é essencial”, comenta Edgar.

 

Sobre o Cidade Empreendedora

 

 O Ciclo 2021/2022 do Programa Cidade Empreendedora foi inspirado em cidades humanas, inteligentes e sustentáveis. Ele conta com cinco pilares de ação para que o município organize e impulsione o seu ambiente de negócio: liderança, desburocratização, Sala do Empreendedor, compras públicas e educação empreendedora. Além dessa base, que é comum a todos que aderirem ao programa, o município poderá escolher entre as mais de 70 soluções disponíveis quais deseja executar, organizadas em 11 verticais estratégicas: Cidade Líder, Cidade Confiável, Cidade Agro, Cidade Mulher, Cidade Comunicativa, Cidade Educadora, Cidade Sustentável, Cidade de Negócios, Cidade Turística, Cidade Criativa e Cidade 4.0.

 

 

 

Precisa de ajuda?

Nós temos especialistas prontos para atender você e o seu negócio de formar online e gratuita.

Acesse agora