this is an h1

this is an h2

Pular para o conteúdo principal
Empreendedorismo
Maravilha renova parceria com o Sebrae/SC
O Programa Cidade Empreendedora trará ações estratégicas para o desenvolvimento do município.

Maravilha renova parceria com o Sebrae/SC para execução do Programa Cidade Empreendedora

 

       O município de Maravilha, no extremo oeste catarinense, aderiu ao ciclo 2021/2022 do Programa Cidade Empreendedora, que aproxima a gestão pública dos pequenos negócios locais por meio de um ambiente propício para estimular a economia local e o progresso da cidade. As diversas ações voltadas ao desenvolvimento territorial serão executadas até dezembro de 2022 pelo Poder Público e pelo Sebrae/SC.

       Neste ciclo, o programa engloba ações estratégicas para o desenvolvimento do município para gerar emprego, renda e oportunidades de negócios. A atuação tem como base cinco pilares: liderança, desburocratização, Sala do Empreendedor, compras públicas e educação empreendedora.

       De acordo com o prefeito Sandro Donati a intenção é continuar com o trabalho iniciado em 2017, nos primeiros ciclos do Programa Cidade Empreendedora. “Reduzimos o tempo médio para abertura de empresas, incentivamos o fomento à agricultura familiar, fortalecemos os pequenos negócios com capacitações e consultorias gratuitas. Então, nos próximos dois anos esperamos tornar o município ainda mais produtivo e competitivo”, antecipa o gestor municipal. 

Foto 06 – Imagem aérea do município de Maravilha, no extremo oeste catarinense (Crédito: Prefeitura de Maravilha).

Base estruturante

       Os eixos foram pensados para que o município organize e impulsione o seu ambiente de negócios. No pilar liderança, o foco de aprimoramento envolve prefeito, secretário e agente de desenvolvimento por estarem à frente da execução local do programa. Entre as ações previstas estão: pesquisa de imagem da Prefeitura quanto ao empreendedorismo; acesso a plataforma com informações que sintetizam várias bases de dados sobre estatísticas relacionadas ao grau de desenvolvimento do município; oficinas e cursos de formação. 

       Na desburocratização serão realizadas consultorias para apoio na melhoria do processo de abertura, alteração e baixa de empresas, com revisão dos trabalhos realizados e construção de plano de ação para continuidade dos avanços necessários. Para a Sala do Empreendedor estão previstas consultorias mensais, capacitações semestrais aos atendentes, apoio aos empresários locais com consultorias mensais nas áreas de gestão (finanças, planejamento, marketing, recursos humanos, vendas e qualidade) e pesquisas para observar aspectos referentes ao atendimento prestado.

       O eixo compras públicas contempla acompanhamento para adequação dos processos licitatórios na legislação, fomento da agricultura familiar e capacitação aos compradores do poder público municipal. Também está previsto o evento Prefeitura Parceira do Empresário, que visa permitir que os empreendedores tenham condições de serem fornecedores do município.

       Na educação empreendedora digital serão realizadas as soluções: trilha comportamentos empreendedores; game cidade dos brinquedos que aborda de maneira lúdica o plano de negócios; oficina empreendendo no mundo da imaginação para desenvolver as competências socioemocionais; game desafio social – cidade colaborativa; oficina superando barreiras com criatividade e curso Meu Dinheiro Meu Negócio. Para os professores estão previstas as atividades de capacitação on-line para o programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP); trilhas de formação com as temáticas de professor do futuro, comunicação em tempos difíceis, empreendedorismo e inovação, engajamento e criatividade em sala de aula; conteúdos on-line e seminário digital de educação empreendedora.

 

Acompanhe mais notícias do Sebrae/SC na Agência Sebrae de Notícias e nas redes sociais: Instagram Facebook LinkedIn Twitter Telegram YouTube Blog Site

Conteúdo relacionado