this is an h1

this is an h2

Pular para o conteúdo principal
Empreendedorismo
Sala do Empreendedor capacita empresários e artesãos de São Carlos
Com a retomada das ações, terá a contribuição para o desenvolvimento das pequenas empresas

       Tornar os pequenos negócios locais cada vez mais preparados para atuar no mercado é um dos propósitos da Sala do Empreendedor de São Carlos, no oeste catarinense. A prestação de serviço gratuita busca aproximar a Administração Pública do setor empresarial ao disponibilizar orientações, auxílio nos trâmites burocráticos para abertura, alteração e fechamento de empresas e oportunidades de capacitações. A iniciativa faz parte do Programa Cidade Empreendedora, executado pelo Poder Público e pelo Sebrae/SC.

 

Foto 07 – Oficina de marketing digital com artesãs de São Carlos.

 

      “A Sala do Empreendedor retomou neste mês as ações com os empresários. O intuito é contribuir para o desenvolvimento e o fortalecimento das pequenas empresas, que foram fortemente impactadas com a crise sanitária, além de prepará-las para a retomada econômica no pós-pandemia. Como gestor municipal expresso a preocupação em oferecer suporte para a manutenção do empreendedorismo, que é uma mola propulsora do desenvolvimento”, explica o prefeito Rudi Miguel Sander.

       Em maio foram realizadas consultorias na área de marketing digital com a consultora credenciada ao Sebrae/SC, Ana Paula Tamanho, para as artesãs do município. Nos encontros presenciais e on-line foram abordados a importância do marketing digital; como desenvolver uma página que tenha essência de venda com layout personalizado, vídeos e fotos profissionais; e qual seria o melhor modelo que poderiam construir em seu setor. “A intenção é possibilitar que as participantes possam desenvolver um caminho de comunicação focada na comercialização de seus produtos”, comenta.

       Conforme levantamento, as principais necessidades atendidas com as consultorias foram melhorias no marketing digital e elaboração do planejamento mensal, que se divide em três etapas. A primeira é elencar assuntos para as redes sociais de maneira que vendam os produtos. A segunda remete ao layout, que desperta o interesse de seguidores e precisa ter um padrão de cores, fonte e fotos como uma vitrine. A terceira etapa é a produção de vídeo necessária para engajar, além de transmitir autoridade e empatia.

       “Expliquei o passo a passo com exemplos para transformar o marketing digital das páginas das artesãs do município. Gosto de humanizar a rede social, então, minha sugestão é sempre potencializar o que se tem. Por exemplo, uma loja de produtos de lã de ovelha faz parceria com fotógrafos e leva seu produto para ser fotografado em estúdio com um bebê e um carrinho. Esse é o tipo de marketing que dará certo porque venderá não somente o produto para o cliente, mas um sonho”, argumenta Ana Paula.

       Para o mês de junho a Sala do Empreendedor de São Carlos disponibilizará horas de consultoria na área de finanças. Os empresários interessados devem contatar a agente local de desenvolvimento, Marli Deimling, pelo telefone (49) 3325-3002 ou pelo e-mail saladoempreendedor@saocarlos.sc.gov.br.

 

       Acompanhe mais notícias do Sebrae/SC na Agência Sebrae de Notícias e nas redes sociais: Instagram Facebook LinkedIn Twitter Telegram YouTube Blog Site.  

 

Conteúdo relacionado