Empreendedorismo
Sebrae inicia 2ª edição de pesquisa sobre MPE e a crise do coronavírus
Empresários de todo o Estado podem participar respondendo ao questionário que está disponível no site do Sebrae

O Sebrae/SC iniciou nesta segunda-feira, 13 de abril, a segunda edição da pesquisa que monitora o cenário dos pequenos negócios catarinenses durante a crise do coronavírus. A pesquisa tem como objetivo entender os impactos da crise nas micro e pequenas empresas, principalmente em relação ao faturamento e empregos. Para participar, os empresários podem acessar http://sebrae.sc/pesquisa-impactos2 e responder ao questionário. A coleta de dados será feita até terça-feira, 14 de abril.

De acordo com a gerente de mercado do Sebrae/SC, Soraya Tonelli, nesta edição a pesquisa trará também o recorte específico de algumas cidades do Estado. “Na edição divulgada na primeira semana de abril, trouxemos apenas o recorte do Estado e da Capital. Agora, buscamos entender os impactos nas cidades de Florianópolis, São José, Criciúma, Tubarão, Joinville, Jaraguá do Sul, Blumenau, Itajaí, Chapecó e Lages. Os resultados serão divulgados nesta quarta-feira”, explica Soraya.

O Sebrae/SC ressalta que os dados são sigilosos e não serão divulgados ou usados de maneira individual.

A primeira edição apontou que até o dia 29 de março, cerca de 148 mil pessoas tinham perdido o emprego em Santa Catarina e o faturamento dos pequenos negócios tinham registrado uma perda bruta de R$4,4 bilhões.

Douglas Nazario / Nazario & Bortot
Comunicação Sebrae/SC Gerência Regional Sul
Compartilhar
Favoritar

    Salvo na lista de favoritos

O conteúdo foi útil para você?

Conteúdo relacionado

Fale com o Sebrae

Converse online, por chat ou email, com os técnicos do Sebrae
para tirar dúvidas e receber orientações sobre o seu negócio.
É gratuito!

Converse agora