Pular para o conteúdo principal
Inovação | INOVAÇÃO

Edital Sebrae de Inovação

Conheça o Edital Sebrae de Inovação e saiba como participar

· 19/07/2016 · Atualizado em 20/07/2016

Edtal Sebrae de Inovação

O Sebrae no Tocantins lançou, nesta segunda-feira, dia 04 de julho, o Edital Sebrae de Inovação. O objetivo é apoiar projetos empresariais de inovação dos pequenos negócios, com potencial de alto impacto de crescimento e elevada capacidade de se diferenciar e gerar valor por meio da inovação.

A entrega da documentação de habilitação da empresa inovadora ao Sebrae do Estado teve início em 04 de julho e vai até 16 de setembro. As inscrições do projeto podem ser realizadas pela plataforma eletrônica do site www.inovativabrasil.com.br/plataforma/desafio/10. A anexação do termo de habilitação emitido pelo Sebrae do Estado e do link do vídeo de apresentação do projeto, iniciou-se em 04 de julho e vai até o dia 23 de setembro. A divulgação do resultado preliminar dos projetos selecionados acontecerá a partir do dia 09 de novembro no site www.sebrae.com.br. Mais informações na Central de Relacionamento 0800 570 0800. Veja abaixo o edital completo.

As empresas habilitadas podem concorrer em duas modalidades: Desenvolvimento tecnológico - os projetos empresariais de inovação são apresentados pela empresa inovadora, com contratação de uma Entidade de Ciência Tecnologia e Inovação (ECTI), que tenha competência técnica para prestar os serviços descritos no documento. Encadeamento tecnológico - os projetos empresariais de inovação são apresentados pela empresa inovadora em parceria com uma média ou grande empresa que deseje executar um projeto de inovação de interesse mútuo, com contratação de uma ECTI que tenha competência técnica para prestar parcialmente ou total, os serviços descritos no documento conforme regras e condições do edital.

Serão R$ 20 milhões destinados à projetos intensivos em tecnologias inovadoras ou capital intelectual, contemplando as cinco regiões brasileiras. O subsídio será de até R$ 120 mil por projeto, com prazo de execução de 24 meses. Serão reservados no mínimo, 20% dos recursos para projetos de cada modalidade de empresas das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, desde que atinjam pontuação mínima conforme critérios de classificação previstos no edital.

O processo de seleção será realizado em 10 etapas, desde a Habilitação das Empresas Inovadoras a contratação dos projetos aprovados a partir de fevereiro de 2017.

Conheça as modalidades

Desenvolvimento Tecnológico: os projetos empresariais de inovação são apresentados pela empresa inovadora, com contratação de uma Entidade de Ciência, Tecnologia e Inovação (ECTI) que tenha competência técnica para prestar os serviços descritos no documento.

Encadeamento Tecnológico: os projetos empresariais de inovação são apresentados pela empresa inovadora em parceria com uma média ou grande empresa que deseje executar um projeto de inovação de interesse mútuo, com contratação de uma ECTI que tenha competência técnica para prestar, total ou parcialmente, os serviços descritos no documento, conforme regras e condições do edital.

Serão apoiados projetos empresariais nos limites e percentuais de acordo com a tabela abaixo, conforme a modalidade em que estiverem enquadrados.


*O valor total do projeto poderá ser maior que os valores da segunda coluna, mas deverão ser respeitados os limites estabelecidos nas demais.

Clique aqui e inscreva-se.

Documentos Edital

Até 23 de setembro de 2016, a plataforma InovAtiva Brasil vai receber inscrições de projetos inovadores de 25 unidades da federação**. Serão R$ 20 milhões destinados a projetos intensivos em tecnologias inovadoras ou capital intelectual, contemplando as cinco regiões brasileiras.

O Sebrae contribuirá para aumentar a competitividade e a produtividade dos pequenos negócios com potencial de alto impacto. 

O subsídio será de até R$ 120 mil por projeto, com prazo de execução de até 24 meses. Serão reservados, no mínimo, 20% dos recursos para projetos de cada modalidade de empresas das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, desde que atinjam pontuação mínima conforme critérios de classificação previstos no edital. 

Finalistas do Programa InovAtiva, empresas incubadas, graduadas, aceleradas ou instaladas em parques tecnológicos receberão uma pontuação extra de 10% no processo de classificação.

Compartilhar

O conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado!

Foi um prazer te ajudar :)

Conteúdo relacionado

Fale com o Sebrae

Converse online, por chat ou email, com os técnicos do Sebrae
para tirar dúvidas e receber orientações sobre o seu negócio.
É gratuito!

Converse agora