GESTÃO

Boas práticas para a sua empresa produzir mais e melhor

Como o planejamento produtivo pode favorecer a competitividade no mercado para os pequenos negócios.

A globalização exige competitividade para as empresas se manterem estáveis no mercado e com perspectivas de crescimento. Do ponto de vista da manufatura, ser competitivo significa destacar-se dos concorrentes atendendo as expectativas dos clientes, tais como:

  • Confiabilidade: atender pedidos no prazo;
  • Velocidade: efetuar entregas com mais agilidade que os concorrentes;
  • Qualidade: garantir um percentual insignificante de produtos defeituosos;
  • Preço baixo: fazer barato, reduzindo custos;
  • Flexibilidade: saber mudar o que está sendo feito.

O cumprimento desses itens pode ser facilitado quando a empresa tem uma gestão de produção eficiente.

O que é gestão de produção?

É a administração adequada dos recursos destinados à produção de bens ou serviços de uma empresa. Envolve planejamento, direção, organização e controle, sempre visando à integração dessas áreas para que a empresa alcance melhores resultados.

Como se dá a produção nos pequenos negócios?

Nestes casos, as atividades de gestão da produção são executadas pelo gerente de produção. Contudo, elas estão presentes em todas as etapas dos sistemas produtivos, envolvendo, portanto, todos os profissionais, independentemente da estrutura e segmento da empresa.

Quais as funções de um gestor?

São atribuições das pessoas que realizam a gestão de um sistema produtivo:

  • Planejar materiais;
  • Programar ordens de produção;
  • Controlar estoques;
  • Gerenciar a qualidade de produtos e processos;
  • Realizar a manutenção de equipamentos e instalações;
  • Liderar, treinar e motivar pessoal de produção;
  • Gerenciar custos;
  • Gerenciar relações com o meio ambiente, saúde e segurança;
  • Eliminar desperdícios e promover a melhoria contínua.

Quais as maiores dificuldades da gestão da produção?

  • Não mensurar a produtividade das pessoas, matérias-primas, máquinas, energia e demais recursos, o que pode gerar perdas e aumentar custos;
  • Layout inadequado, pois a empresa pode perder tempo transportando materiais e movimentando operadores;
  • Inexistência de gestão da qualidade, dos erros e defeitos, o que implica a não efetivação de melhorias nos processos e produtos, e pode resultar, inclusive, na extinção da empresa;
  • Falta de planejamento e controle de estoques. Estoque significa “capital parado” ou, em alguns casos, um recurso estratégico, portanto devem ser planejados e controlados sistematicamente.

Em resumo

A gestão da produção é uma importante ferramenta para garantir o controle das rotinas, eliminar as perdas de produção, manter os estoques em níveis adequados e atender clientes no prazo com menor custo e qualidade, ou seja, assegura a competitividade da empresa.

Por meio da gestão ou controle dos processos, é possível produzir produtos de qualidade, com baixo custo e no tempo requerido pelo cliente. Geralmente, nos pequenos negócios este trabalho é concentrado numa única pessoa. Isso torna menos caracterizadas algumas funções, atividades, controles e objetivos. Não quer dizer, no entanto, que não exista gerente de produção ou que essa seja uma função menos importante.

O conteúdo foi útil para você?

  • Sim
  • Não

Enviado com sucesso! Agradecemos sua ajuda.


Compartilhe: