NEGOCIAÇÃO

Como vender a ideia e atrair investimento para a startup

O segredo de uma startup é como o projeto é executado – e isso depende somente da competência do empreendedor e do time montado, não do segredo guardado.

Trabalhe a ideia
  • Atraia investimento

Há uma chance muito pequena que alguém copie sua ideia ou projeto simplesmente porque ouviu você falando sobre ela.

O segredo para reduzir essa chance a zero é convencer qualquer um que você é a melhor pessoa para executar o projeto: ou não terão qualquer interesse sobre sua ideia, ou irão desistir de copiar ao ver sua proficiência, ou pedirão para participar com você.

Como trabalhar para isso acontecer?

1) Comece contando sua ideia para pessoas muito próximas, como familiares ou amigos em quem você pessoalmente confia. Não vai ajudar muito, porque eles provavelmente lhe dirão "que ótima ideia!" e darão pequenas sugestões de melhoria. Mesmo assim, é um bom treino para articular sua explicação.

2) Em seguida, aborde pessoas experientes no mercado que você atinge e que sejam próximas de alguém que você conhece. Por exemplo, um ex-chefe que você respeita, ou um amigo da família. Esses serão mais imparciais, comentando se consideram sua ideia realmente viável e como você pode melhora-la.

3) Após pesquisar bastante sobre o tema, concorrência e ter o feedback de todos acima, tente convencer uma pessoa a trabalhar com você no projeto. Por exemplo, peça 3 indicações de programadores confiáveis e conte sua ideia a eles. Se um ou mais se interessarem de verdade – por exemplo, concordarem em trabalhar recebendo somente um pequeno percentual do negócio – seu projeto começa a ter alguma chance de estar no caminho certo.

4) Nesse ponto, você já é capaz de criar um pitch e treina-lo exaustivamente. Vá então a um meetup na sua cidade e apresente sua ideia ao máximo de pessoas que você puder. Como praticamente todos no meetup estarão trabalhando em ideias próprias, qualquer interesse explícito sobre seu projeto irá lhe dar mais alguns pontos.

5) Nesse ponto, ou você desistiu da ideia, ou a mudou consideravelmente, ou já está bastante confiante no projeto. Inscreva-se para apresentar seu projeto em sessões de open pitch (diversos meetups e competições permitem isso), e se seu trabalho estiver bem feito, um investidor irá procurá-lo por conta própria para saber mais.

E se você já tem algo pronto, provavelmente já está guardado por uma patente ou outro tipo de proteção. Caso contrário, lembre-se que provavelmente alguém já teve uma ideia idêntica à sua, e pode até ter descoberto (antes de você) que ela não irá dar em nada.

Mesmo assim, o segredo de uma startup é como você executa o projeto – e isso depende somente da sua competência e do time que você montou, não do segredo que você guarda.

Atraia investimento
  • Trabalhe a ideia

Ideias boas aparecem o tempo todo e alguns investidores podem, sim, apostar somente em uma ideia. Mesmo assim, é preciso mais que isso para atrair investimento.

Antes de tudo, o investidor irá avaliar o empreendedor.

  • Ele já criou outras startups antes?
  • O que aprendeu com elas?
  • Ele obteve sucesso com sua última empresa?
  • Essa ideia é somente uma oportunidade nova ou ele irá abandonar tudo para torná-la seu próximo projeto?

Após isso, avalia-se a oportunidade que essa ideia explora.

  • Trata-se de um diferencial claro frente a competidores?
  • Qual o potencial de inovação?
  • O mercado que este produto ou serviço aborda é grande ou suficiente para ter muito retorno?

Após entender melhor a ideia e as informações relevantes, o investidor irá tentar entender como ela se encaixa no seu portfolio ou tese de investimento.

  • Ela complementa alguma empresa já investida?
  • Ela é um concorrente que pode ameaçar uma investida no futuro?
  • Faz sentido para sua estratégia como investidor?

Essas são apenas algumas das perguntas que um investidor faz ao empreendedor - ou a si mesmo - para avaliar uma ideia.

Além de o empreendedor ter muito pouco tempo da atenção do investidor, é preciso provar que a ideia vem acompanhada de um ótimo empreendedor e time, de um mercado promissor e de diferenciais que mostrem grande retorno financeiro no futuro. Em outras palavras, nunca se investe somente em uma ideia.

Quer saber mais sobre como desenvolver o potencial de seu perfil empreendedor? Faça o curso a distância Aprender a Empreender.

Leia também: Como saber se sua startup é inovadora.

Autor convidado: Yuri Gitahy, fundador da Aceleradora.

Voltar para a página principal de Startup

O conteúdo foi útil para você?

  • Sim
  • Não

Enviado com sucesso! Agradecemos sua ajuda.


Compartilhe: