OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO

Esmalterias: oportunidade diferenciada para empreender

Esse nicho já consolidado no exterior ganha força no país. E, para se destacar, é preciso muita especialização, tratamento personalizado e inovação. Confira!

  • Salão de beleza

Há muito potencial no mercado de beleza e estética - o que pode gerar negócios tanto na indústria, como no comércio e também na prestação de serviços relacionados aos produtos de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos.

 O Brasil é o segundo maior país consumidor de esmaltes do mundo. Perde apenas para os Estados Unidos. 

Neste conteúdo, falaremos especialmente das esmalterias como uma oportunidade de negócio rentável. E sabe por quê? Porque o Brasil é nada mais, nada menos, do que o segundo maior país consumidor de esmaltes do mundo. Perde apenas para os Estados Unidos.

O consumo de “maquiagem para unhas” apresenta um faturamento bilionário e pode significar uma boa oportunidade de negócio para você. Então, salão ou esmalteria? Você sabe qual é a diferença?

Salão de beleza
  • Esmalteria, o que é?

Levando a expressão ao pé da letra, salão de beleza é o local destinado ao embelezamento ou, ainda, onde se concentra, cria ou realiza “beleza”. É por isso que os salões de beleza tradicionais oferecem vários serviços de embelezamento.

Mesmo que essa vasta oferta de serviços represente um modelo de negócios consolidado, com o aumento da concorrência, tecnologia e até mesmo grau de exigência do consumidor, os locais de beleza acabaram se tornando - ou podem se tornar - um local de oferta de serviços específicos. É aí que entra a possibilidade de abrir um negócio exclusivo de esmalteria.

Esmalteria, o que é?
  • Salão de beleza
  • Serviços básicos

Bom, qualquer pessoa pode imaginar que esmaltar significa aplicar esmalte. E apenas isso. Esse modelo ou nicho de negócio já é consolidado no exterior. No Brasil, segundo uma pesquisa feita nas redes sociais, a primeira esmalteria nacional foi aberta em 2010.

Por que abrir uma esmalteria?

Alguns motivos que levam o consumidor a preferir esse serviço desta forma:

  • Busca cada vez maior por especialização;
  • Inovação; 
  • Experiências acessíveis de luxo;
  • Bem estar; 
  • Incorporação dos esmaltes e “nail art” como acessório de moda.

Se por um lado o consumidor pode receber vários serviços de beleza em um mesmo lugar, por outro, se quiser apenas pintar as unhas, não precisará ouvir o ruído de secadores, ficar exposto a odores de tintura, excessiva movimentação de clientes e profissionais dentro do estabelecimento.

Se avaliarmos mais uma questão, vamos entender ainda que na convergência de serviços prioriza-se atender o máximo de necessidades do cliente de forma facilitada. Já no atendimento especializado, qualificação profissional, cardápio de serviços, variedade de insumos, processos, tempo de atendimento e ambientação planejada são diferenciais necessários - o cliente vai até a esmalteria para viver uma experiência focada, e não múltiplas experiências de naturezas distintas.

Serviços básicos
  • Esmalteria, o que é?

Se engana quem pensa que em uma esmalteria apenas se oferece o serviço de manicure e pedicure. Há muito potencial de serviços a oferecer.

Plano de negócios para a abertura da esmalteria

É com o auxílio do plano de negócios que você analisará a viabilidade da criação e também tomará as decisões certas para se tornar um empreendedor bem sucedido.

Dicas de plano de negócio

Você deve ter um plano de negócio que responda a essas questões:

  • Quanto custa montar o negócio?
  • Qual a sua viabilidade mercadológica e necessidade de pessoal? 
  • Qual o capital de giro necessário à operação?
  • Qual o valor a ser cobrado por cada serviço ou produto?
  • Qual o ponto de equilíbrio?
  • Qual a estimativa de lucro?
  • Qual o prazo de retorno do investimento?


Passo a passo para a abertura

Com o plano de negócios em mãos, chegou a hora de constituir uma empresa e providenciar o que for preciso para abrir as portas. É bom contar com o auxílio de um contador para que tudo seja feito conforme a legislação.

Você precisará ainda:

  • Avaliar o local de abertura: escolher um ponto para a sua esmalteria;
  • Adaptar o ambiente às exigências legais e recomendações sanitárias;
  • Constituir a pessoa jurídica ou a sociedade, caso tenha algum sócio;
  • Definir a tributação mais adequada ao perfil do negócio: MEI, Simples, Lucro Presumido ou Lucro Real;
  • Obter as licenças obrigatórias exigidas do Estado e Município, como alvará de localização, da Secretaria da Saúde, Corpo de Bombeiros, dentre outros;
  • Comprar equipamentos;
  • Fazer estoque de insumos;
  • Conhecer as normas previstas no Código de Defesa do Consumidor;
  • Selecionar e treinar a equipe.

Depois de tudo pronto, é claro, está na hora de caprichar no design para que sua marca combine com o seu ambiente de trabalho; e para que a divulgação esteja de acordo com toda a sua vontade de oferecer um serviço tão específico, mas também tão necessário para a beleza das unhas dos pés e das mãos.

O conteúdo foi útil para você?

  • Sim
  • Não

Enviado com sucesso! Agradecemos sua ajuda.


Compartilhe: