ESTOQUE

Como fazer a gestão do seu estoque

Entenda como a gestão eficiente do estoque está diretamente relacionada ao sucesso nas vendas.

Apresentação

Fazer uma boa gestão do estoque ajuda o empresário a planejar as compras, minimizar perdas de materiais e recursos e dar segurança ao cliente quanto a entrega dos produtos.

Uma das práticas da gestão de estoque é manter um estoque de segurança ou estoque mínimo. Em cada setor ou modelo de negócios exige um tipo de estoque de segurança. No varejo, por exemplo, é necessário manter itens dos produtos que os clientes mais procuram. Na indústria é necessário manter em estoque a matéria-prima que será utilizada no processo de produção e acompanhar as quantidades de cada item disponível e os pedidos feitos. Já no comércio eletrônico é necessário manter produtos em estoque para que sejam evitadas perdas de venda durante períodos de aquecimento das vendas, como datas comemorativas.

Por quê fazer a gestão de estoque? Para manter a sustentabilidade do seu negócio:

  • Minimizar perda de materiais e recursos financeiros;
  • Identificar necessidades reais de reposição;
  • Identificar materiais sem utilização;
  • Calcular e gerenciar o custo de adquirir e manter o estoque;
  • Planejar o processo de compras: o que, quando e quanto comprar.

Além desses benefícios, ao gerenciar o estoque e o estoque de segurança, garante a confiabilidade dos seus clientes pois, a probabilidade do cumprimento de prazos de entrega é maior, o que gerará aprovação e indicação da sua marca e empresa, aumentando os pedidos e as vendas. 

 

Para gerenciar o estoque, o empresário precisará:

  • Buscar e estruturar as informações referentes ao histórico de vendas;
  • Calcular a previsão de demanda;
  • Definir o melhor controle de reposição;
  • Avaliar o fornecedor além do preço;
  • Negociar prazos de entrega e pagamento com fornecedores.

Para calcular o estoque de segurança é necessário compreender:

  • As características específicas de demanda e do produto;
  • O tempo de entrega do produto;
  • A importância da demanda.

Vamos aos cálculos? Para calcular o estoque de segurança ou estoque mínimo é necessário saber a demanda média diária e o tempo médio de entrega do produto pelo fornecedor: 

 

 Uma empresa que vende doces por exemplo, calcula que vende 150 brigadeiros por dia e que o fornecedor demora em média 10 dias para entrega de todos os ingredientes. 

 

Esse cálculo deve ser feito considerando o melhor período da análise, dependendo da gestão adotada e da frequência de compra. Assim, pode-se considerar as variáveis a cada quinze dias ou mensalmente, por exemplo.

No caso de uma indústria, o cálculo deve considerar a quantidade de matéria prima utilizada para um dia ou mês de produção de determinado item. 

Saiba Mais

  • Conheça a Oficina Controle de Estoque, ACESSE AQUI!
  • Consulte o Sebrae mais próximo de você AQUI, ou entre em contato no 0800 570 0800.

 

Fonte: Exame

O conteúdo foi útil para você?

  • Sim
  • Não

Enviado com sucesso! Agradecemos sua ajuda.


Compartilhe: