ac am rr pa ap ma pi ce rn pb pe al se ba to mt ro ms go df mg es rj sp pr sc rs
  • RSRio Grande do Sul
  • SCSanta Catarina
  • PRParaná
  • SPSão Paulo
  • MSMato Grosso do Sul
  • RJRio de Janeiro
  • ESEspírito Santo
  • MGMinas Gerais
  • GOGoiás
  • DFDistrito Federal
  • BABahia
  • MTMato Grosso
  • RORondônia
  • ACAcre
  • AMAmazonas
  • RRRoraima
  • PAPará
  • APAmapá
  • MAMaranhão
  • TOTocantins
  • SESergipe
  • ALAlagoas
  • PEPernambuco
  • PBParaíba
  • RNRio Grande do Norte
  • CECeará
  • PIPiauí
menu Sebrae

Cursos e Eventos

Cursos e Eventos presenciais

Confira a programação do Sebrae no seu estado e inscreva-se já.

Cursos Online

Matricule-se nos cursos online 100% gratuitos e estude sem sair de casa.

Mon Jul 27 14:20:33 GMT-03:00 2020
Leis
Cadastro Único: tudo o que você precisa saber
Entenda o que é, saiba como consultar o seu registro e veja se pode receber por meio dele o auxílio emergencial de R$ 600 do governo.

Trabalhadores informais, sem renda fixa e MEI impactados pela crise do novo coronavírus vão contar com auxílio emergencial do governo no valor de R$ 600. No entanto, há pessoas que ainda não entenderam muito bem o que fazer para receber o benefício.

Uma das formas é por meio do Cadastro Único (CadÚnico), que vai possibilitar o pagamento para quem já é beneficário do Bolsa Família ouestá inscrito na plataforma. Portanto, quem estiver enquadrado nesses casos não precisa fazer o registro no aplicativo lançado pela Caixa Econômica Federal.

Você sabe o que é esse cadastro, se está inscrito nele e se pode receber o auxílio dessa maneira? Confira o conteúdo que preparamos com tudo o que você precisa saber.

O que é o Cadastro Único

Plataforma que reúne diversas informações sobre as famílias brasileiras em situação de baixa renda. Esses dados são usados pelos Governos Federal, Estaduais e Municipais para implementar políticas públicas que ajudem essas famílias, como o Bolsa Família.

Qual público o CadÚnico atende?

Famílias que:

  • Ganham até meio salário mínimo (R$ 522,50) por pessoa.
  • Ganham até três salários mínimos (R$ 3.135) de renda mensal total.
  • Tenham uma renda acima dos valores acima, mas que recebam ou pretendam receber algum programa ou benefício que usa o Cadastro Único.

Além disso, pessoas em situação de rua também podem estar cadastrados, independentemente da situação familiar.

Saiba se está inscrito

Você pode consultar o CadÚnico pelo site do Ministério da Cidadania, pelo app Meu CadÚnico e pelo telefone 0800 707 2003.

Para consultar via site

  • Acesse o site.
  • Preencha o formulário na parte de baixo da tela.
  • Clique em “Emitir”.
  • Pronto! Já é possível saber se o seu nome está ou não cadastrado.

Para consultar via aplicativo

  • Baixe o app Meu CadÚnico no seu celular.
  • Clique em “Entrar”.
  • Insira as informações solicitadas e pronto!

Para consultar via Telefone

O telefone de contato para consulta é 0800 707 2003, opção 5. A ligação é gratuita e pode ser feita de qualquer aparelho. Os horários de atendimento são:

  • Das 7h às 19h de segunda a sexta-feira.
  • Das 10h às 16h aos fins de semana e feriados nacionais e também durante o calendário de pagamento do Bolsa Família.

Calendário de pagamento

Quem é beneficário do Bolsa Família recebe de acordo com o calendário de pagamento do programa de transferência de renda:

  • Primeira parcela nos últimos 10 dias de abril
  • Segunda parcela nos últimos 10 dias de maios
  • Terceira parcela nos últimos 10 dias de junho

Trabalhadores inscritos recebem de acordo com a instituição finaneira em que têm conta bancária:

Para quem tem conta no BB ou na Caixa

  • Primeira parcela a partir de 9 de abril
  • Segunda parcela:
    • 27 de abril para nascidos de janeiro a março
    • 28 de abril para nascidos de abril a junho
    • 29 de abril para nascidos de julho a setembro
    • 30 de abril para nascidos de outubro a dezembro
  • Terceira parcela:
    • 26 de maio para nascidos de janeiro a março
    • 27 de maio para nascidos de abril a junho
    • 28 de maio para nascidos de julho a setembro
    • 29 de maio para nascidos de outubro a dezembro

Para quem não tem conta nesses bancos

  • Primeira parcela em 14 de abril
  • Segunda parcela:
    • 27 de abril para nascidos de janeiro a março
    • 28 de abril para nascidos de abril a junho
    • 29 de abril para nascidos de julho a setembro
    • 30 de abril para nascidos de outubro a dezembro
  • Terceira parcela:
    • 26 de maio para nascidos de janeiro a março
    • 27 de maio para nascidos de abril a junho
    • 28 de maio para nascidos de julho a setembro
    • 29 de maio para nascidos de outubro a dezembro
Compartilhar
Favoritar

    Salvo na lista de favoritos

O conteúdo foi útil para você?

Conteúdo relacionado

Fale com o Sebrae

Converse online, por chat ou email, com os técnicos do Sebrae
para tirar dúvidas e receber orientações sobre o seu negócio.
É gratuito!

Converse agora