this is an h1

this is an h2

Pular para o conteúdo principal
Fri May 07 16:58:41 BRT 2021
Empreendedorismo | DESAFIO
Como se organizar para vender mais nas festas juninas

Aproveite as fogueiras de São João para aquecer suas vendas! Saiba como driblar a pandemia para firmar sua marca no mercado.

· 07/05/2021 · Atualizado em 07/05/2021

Junho é um mês marcado com destaque no calendário das comemorações tradicionais brasileiras. As festas que comemoram os três santos - são João, são Pedro e o casamenteiro santo Antônio - são oportunidade de encontros, lembranças, guloseimas e boas vendas. Mas, para vender bem em tempos de pandemia, a organização é fundamental.

Foto de decoração de festa junina, com balões e bandeirinhas de são João penduradas

Dicas para aquecer as vendas na fogueira das festas juninas

Em tempos de pandemia, a quadrilha acontece na sala. Mas mesmo nessa roça particular não podem faltar emoção, calor humano e guloseimas. Uma ideia interessante é oferecer a quermesse na caixa: um combinado temático entregue por delivery com tudo o que marca essa festa.

Pense em incluir as comidinhas típicas da época, que variam um pouco de acordo com a região do País. A paçoquinha não pode faltar, e o milho aparece em muitas variações: curau, pamonha, bolo, suco, mingau, espigas cozidas. Arroz doce e canjica, quentão e vinho quente completam as delícias juninas.

Vale adicionar decoração e as brincadeiras tradicionais: bandeirinhas, toalha para a mesa, boca do palhaço, pesca de prendas e o que mais couber na festa e na sua imaginação.

Interessante lembrar que brasileiro festeja o São João até julho! Ao contrário das outras comemorações sazonais, as festas juninas podem acontecer em qualquer dia dos meses mais friozinhos do ano.

Foto de mesa decorada para festa junina com guloseimas: amendoim, pé de moleque

Aproveite as festas juninas para conquistar clientes para sempre

Como vimos, oferecer kits juninos para driblar o isolamento social é uma ideia excelente. Mas o empreendedor de sucesso sempre enxerga mais longe.

Mostrar uma boa oferta e um atendimento de primeira é a porta de entrada para ampliar a rede de relacionamentos e, portanto, a clientela da sua marca.

Todas as atitudes que eram importantes antes da pandemia merecem ser reforçadas agora: atenção à qualidade, foco no cliente, planejamento financeiro, cuidados com a higiene do produto.

Foto de comidas típicas de festas juninas: paçoca, pipoca, milho, amendoim, bolo de fubá

Comendo com os olhos no feed do Instagram

Se uma imagem diz mais do que mil palavras, o desafio dos tempos pandêmicos é provocar água na boca de quem olha a tela do celular. Para conquistar os seus clientes pela boca é preciso, antes de mais nada, conquistá-los pelo olhar. E, para isso, basta seguir o passo a passo do comércio virtual:

  • Crie um perfil comercial

    Escolha um nome simples e aprenda a usar a conta como perfil comercial. Dominar as ferramentas de marketing digital é uma estratégia básica de sobrevivência em tempos pandêmicos. Saiba que não há mistério algum: basta escolher um bom curso, como os oferecidos pelo Sebrae, e você será capaz de transformar seu celular em uma máquina de vendas.

  • Capriche nas postagens

    Se você vende alimentos, o Instagram tem que fazer seu cliente comer com os olhos. Se tem uma página no Facebook, tem que responder as dúvidas o mais rápido possível. O Whatsapp é ideal para divulgar cardápios, promoções, ofertas do dia e outras comunicações instantâneas.

  • Seja frequente

    Crie o hábito de publicar com uma certa periodicidade, e variando os temas ao longo da semana. Faça um planejamento, criando uma tabela simples com dias da semana, mensagem, tema e formato das postagens. Inicie a semana desejando bom dia na segunda-feira com uma foto de uma mesa linda e sobre ela café com pãozinho, bolo etc., pense em um vídeo curto na terça anunciando a promoção da semana, e assim por diante.

  • Destaque sua marca com hashtags (#)

    As hashtags são um símbolo (#) ao lado de palavras curtas, que tornam mais fácil encontrar a sua marca, o produto que vende, a sua localização.

Leia também: Saiba como lucrar com as delícias juninas mesmo na crise

 Foto mostrando dois varais com bandeirolas de São João feitas de tecido de chita

Arraial virtual

A estrela da festa em casa não é a fogueira, mas sim a internet. A festa "zoomnina" reúne a família da forma que é possível atualmente - se por um lado todos estão sentindo falta do calor humano, aprendemos que o que importa é estarmos saudáveis e vivos, e as saudades iremos compensar com uma festa em dobro em junho de 2022.


O conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado!

Foi um prazer te ajudar :)

Conteúdo relacionado