ABERTURA DE EMPRESA

Dicas para escolher o nome fantasia da sua empresa

Processo deve considerar valores empresariais, tipo de produto ou serviço a ser oferecido, idioma, tamanho e pronúncia.

  • Nome ideal

Escolher o nome da empresa (nome fantasia) é um dos passos mais importantes para quem está abrindo um negócio. Aliado ao posicionamento no mercado e à identidade visual, esse é um detalhe que contribuirá para a sobrevivência do empreendimento.

A decisão deve ser tomada com base em aspectos que despertem no público-alvo a vontade de conhecer a empresa e de adquirir o produto ou serviço que ela vai oferecer.

Confira a seguir algumas dicas que podem ajudá-lo no processo de criação do nome fantasia, que não é  necessariamente igual ao nome empresarial, cujas regras estão previstas no Código Civil e que deve seguir determinado padrão previsto em lei.

Nome ideal
  • Dicas

Embora não exista nome bom ou ruim, o ideal é escolher aquele que tenha apelo entre os consumidores, se diferencie dos concorrentes, seja pronunciável e possa ser facilmente escrito.

A pronúncia e a escrita são características essenciais para que a sua empresa seja lembrada pelos clientes na hora de indicá-la para outras pessoas. Além disso, nomes de grafia simples facilitam a busca na internet.

Pense em um nome e faça um teste com seus parentes, amigos e potenciais consumidores, pedindo a opinião deles sobre o que você escolheu. O que pode soar bem aos seus ouvidos, não será, necessariamente, agradável para eles.

O nome precisa transmitir valores ou atributos de sua empresa, como qualidade, confiança, agilidade, eficácia e conforto.

Dicas
  • Nome ideal
  • Registro

O processo de escolha do nome da empresa vai exigir criatividade do empresário. Mas é preciso ter cautela: a tentativa de encontrar um termo engraçado, por exemplo, pode resultar em associações impróprias ou de conotação negativa.

Um levantamento simples, baseado em algumas questões, pode indicar um bom nome:

  • Quais palavras que remetem ao seu empreendimento chamam a atenção do público-alvo?
  • Qual o melhor termo para descrever o serviço ou produto que oferece?
  • Quais símbolos, figuras ou personagens melhor representam o que a empresa faz?
  • Quais os nomes dos concorrentes? Há algum padrão no mercado?

A combinação de palavras ou a criação de um termo novo podem destacar ainda mais a sua empresa. Isso pode ser encarado como sinônimo de inteligência e ousadia. O exagero nesse aspecto, porém, pode ser parecer petulância e despertar desconfiança do consumidor.

Uma técnica amplamente utilizada é a junção de termos ou sílabas que denotem, imediatamente, uma característica do produto ou serviço. Sufixos ou prefixos como mini, slim, gran, fast, big, veloz, infra, extra, time e log podem indicar o caminho.

É importante evitar modismos, palavras que possam ficar ultrapassadas ou que copiem os nomes de grandes corporações.

Nomes curtos, com poucas sílabas e no idioma nativo têm mais chances de agradar. Caso decida por nomes em outros idiomas, priorize palavras de amplo conhecimento do seu público-alvo.

Registro
  • Dicas

Após a escolha do nome, faça uma busca no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), órgão do governo federal que tem a responsabilidade de registrar a propriedade intelectual em patentes, marcas, desenho industrial e programas de computador.

Também verifique na internet e em mídias sociais se há outra empresa ou marca com o mesmo nome. 

Confirmada a originalidade do nome, é essencial registrá-lo no INPI para garantir sua propriedade sobre ele.

Saiba mais

O conteúdo foi útil para você?

  • Sim
  • Não

Enviado com sucesso! Agradecemos sua ajuda.


Compartilhe: