Apoio constante ao micro e pequeno empreendedor

O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas na Bahia (Sebrae) é um entidade privada sem fins lucrativos, que conta com uma rede de quase 700 pontos de atendimento presencial em todo o Brasil, sendo 31 somente na Bahia. São mais de 5 mil colaboradores trabalhando para transmitir conhecimento para quem tem ou deseja abrir um negócio. Com o apoio e a orientação do Sebrae, as micro e pequenas empresas se fortalecem e geram mais empregos e renda para todo o Brasil.

 

Histórico

O Sebrae na Bahia foi concebido para apoiar e fomentar a criação, a expansão e a modernização das micro e pequenas empresas do Estado, capacitando-as para cumprir, eficazmente, o seu papel no processo de desenvolvimento econômico e social. Para facilitar o atendimento em diversas regiões do estado, foram inauguradas diversas unidades de atendimento.

Desta forma, o Sebrae na Bahia fica ainda mais próximo de seus clientes, oferecendo soluções em educação, consultoria, acesso ao crédito e ao mercado, além de incentivar a abertura de novos pequenos negócios e a qualificação das empresas já existentes. Tudo para fomentar o progresso econômico e social do povo.

Missão

Promover a competitividade e o desenvolvimento sustentável dos pequenos negócios e fomentar o empreendedorismo, pra fortalecer a economia nacional.

Visão

Ter excelência no desenvolvimento dos pequenos negócios, contribuindo para a construção de um país mais justo, competitivo e sustentável.

Valores

  • Conhecimento
  • Compromisso com o resultado
  • Inovação
  • Sustentabilidade
  • Valorização Humana
  • Transparência

Produtos e Serviços do Sebrae

  •  Informação
  • Cursos
  • Publicações
  • Inovação
  • Acesso a Mercados
  •  Premiações
  • Consultoria

Setores Atendidos

  • Agronegócio: apicultura, aquicultura e pesca, fruticultura, bovinocultura de leite, mandiocultura, ovinocaprinocultura, suinocultura.
  • Indústria: cerâmica, construção civil, cosméticos, couro e calçados, madeira e móveis, metal mecânica e alumínio, petróleo e gás, química e plásticos, têxtil e confecções, mármore e granito, alimentos, artefatos minerais, automotiva.
  • Comércio: varejo de alimentos, farmácias, móveis, autopeças, materiais de construção, confecção e acessórios, corredores comerciais.
  • Serviços: Serviços de saúde, beleza e bem-estar, serviços automotivos, educação, representação comercial, tecnologia da informação e comunicação.
  • Economia criativa: artesanato, moda, cultura, gastronomia, turismo.

Público Alvo

  • Potencial Empresário: possui negócio próprio, mas sem registro no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) ou inscrição estadual (no caso do produtor rural).
  • Potencial Empreendedor: ainda não possui negócio próprio, mas está ativamente envolvido na sua estruturação.
  • Microempreendedor Individual (MEI): faturamento anual de até R$ 60 mil e no máximo um empregado.
  • Microempresa (ME): faturamento anual igual ou inferior a R$ 360 mil.
  • Empresa de Pequeno Porte (EPP): faturamento anual acima de R$ 360 mil até R$ 3,6 milhões.
  • Produtor Rural: pessoa física ou jurídica que explora a terra, com fins econômicos ou de subsistência, por meio da agricultura, da pecuária, da silvicultura, do extrativismo sustentável, da aquicultura, além de atividades nãoagrícolas, respeitada a função social da terra.