ac am rr pa ap ma pi ce rn pb pe al se ba to mt ro ms go df mg es rj sp pr sc rs
  • RSRio Grande do Sul
  • SCSanta Catarina
  • PRParaná
  • SPSão Paulo
  • MSMato Grosso do Sul
  • RJRio de Janeiro
  • ESEspírito Santo
  • MGMinas Gerais
  • GOGoiás
  • DFDistrito Federal
  • BABahia
  • MTMato Grosso
  • RORondônia
  • ACAcre
  • AMAmazonas
  • RRRoraima
  • PAPará
  • APAmapá
  • MAMaranhão
  • TOTocantins
  • SESergipe
  • ALAlagoas
  • PEPernambuco
  • PBParaíba
  • RNRio Grande do Norte
  • CECeará
  • PIPiauí
menu Sebrae

Cursos e Eventos

Cursos e Eventos presenciais

Confira a programação do Sebrae no seu estado e inscreva-se já.

Cursos Online

Matricule-se nos cursos online 100% gratuitos e estude sem sair de casa.

Sun Apr 05 15:03:34 GMT-03:00 2020
Finanças
Como pagar o aluguel durante a crise do coronavírus
Saiba como negociar com o locador do imóvel para não parar o seu negócio.
  • Dicas para negociação
  • Assista
  • Capacite-se

Além de todos os aspectos relacionados à saúde, a pandemia do coronavírus também representa uma ameaça à economia, principalmente aos pequenos negócios. Informação, eficiência, organização e planejamento são fundamentais para manter a operação com o menor impacto negativo possível.

Mais do que nunca, o Sebrae fortalece a parceria com os pequenos empresários para vencer essa dificuldade e ajudar a encontrar soluções para enfrentar a crise. Uma das maiores preocupações nesse momento é como manter o pagamento do aluguel diante da queda de receita em consequência das medidas de isolamento social para frear a pandemia.

Dicas para negociação

Para auxiliar os empreendedores com essa questão, preparamos algumas orientações para negociar com o locador.

1. Negocie extrajudicialmente a revisão do valor do aluguel

Ao se sentir impactado pela crise, o melhor a fazer é já negociar com o locador uma revisão do valor do aluguel para garantir a sobrevivência do negócio. Para o dono do imóvel, a negociação é melhor do que o encerramento do contrato nesse momento de instabilidade, que pode gerar vacância do ponto.

De acordo com a Lei do Inquilinato, no seu artigo 18, é possível a qualquer momento, em comum acordo, um novo valor do aluguel, inclusive modificando a cláusula de reajuste anual.

Assim, você e o locatário podem acordar, por exemplo, a concessão de desconto no aluguel, por prazo determinado, ajustando um valor que seja proporcional ao tempo de baixa nas vendas.

Uma outra saída é ajustar um desconto por prazo determinado, com prorrogação do pagamento do valor para período posterior. Por exemplo, desconto de 50% no valor do aluguel por três meses. Os outros 50% serão pagos depois desse período.

2. Acordo x Cláusula contratual

Há contratos em que o locatário renuncia ao direito de revisão do valor do aluguel, mas o artigo 54-A, §1º da Lei de Locações possibilita que um acordo entre as partes altere essa regras. Então, se você estiver nessa situação, negocie!

3. Interrupção do pagamento

Caso não haja consenso com o locador do imóvel sobre a revisão do valor do aluguel, é possível pedir na Justiça um prazo de carência no pagamento. No entanto, o artigo 19 da Lei de Inquilinato só prevê essa possibilidade em casos excepcionais (como a pandemia), e a ação só pode ser ajuizada por locatários com contratos com três anos já decorridos ou mais.

Para isso, é recomendado que o empreendedor apresente provas da queda do faturamento ou da queda do valor de aluguéis de imóveis semelhantes ao seu, o que pode ser demonstrado por meio de perícia.

4. Aluguel provisório

Ainda de acordo com a Lei do Inquilinato (artigo 68), durante a discussão das cláusulas do contrato a serem revisadas, o juiz pode fixar o valor provisório do aluguel, que não pode ser menor do que 80% do vigente, até que o processo judicial seja julgado definitivamente.

Veja também

Muitos são os veículos de comunicação que estão abordando o assunto. Nós separamos algumas matérias que ilustram bem a dificuldade que muita gente está tendo de pagar aluguéis e que também dão dicas de como enfrentar o problema.

Assista

No nosso canal no YouTube, você também encontra vídeos com especialistas sobre esse e outros temas que te ajudam a enfrentar a crise do coronavírus e minimizar os danos à sua empresa.

Abaixo, separamos uma live com o advogado e analista do Sebrae Thiago D’Albuquerque sobre como ficam os contratos de aluguel depois das medidas de restrição de circulação de pessoas.

Capacite-se

Estar preparado para lidar com as dificuldades é fundamental para a gestão dos seus negócios, principalmente em momentos de crise, como a do coronavírus. Veja alguns cursos online gratuitos que podem ajudá-lo a ajustar o caixa da sua empresa ao momento que vivemos.

Como definir preço de venda

A situação financeira da sua empresa deve ficar incerta nos próximos meses. Por isso deve equilibrar as contas. E uma forma de fazer isso é rever o preço dos produtos.

Neste curso, você compreenderá quais são os custos fixos e variáveis do seu negócio, entenderá a importância da margem de contribuição e passará por um aprendizado capaz de ajudá-lo a chegar ao tão almejado ponto de equilíbrio. Faça a sua matrícula.

Como captar recursos para o seu negócio

Pegar crédito pode ser a saída para a sobrevivência da sua empresa. Ou pelo menos para garantir o pagamento do aluguel. Por isso, escolhemos este curso, no qual você aprende a elaborar um plano de negócio, entende quais são as fontes de financiamento e suas principais características, além do passo a passo para obtê-lo. Tudo isso para que você tenha habilidade e segurança ao pedir um empréstimo em um momento tão delicado. Faça a sua matrícula.

Compartilhar
Favoritar

    Salvo na lista de favoritos

O conteúdo foi útil para você?

Conteúdo relacionado

Fale com o Sebrae

Converse online, por chat ou email, com os técnicos do Sebrae
para tirar dúvidas e receber orientações sobre o seu negócio.
É gratuito!

Converse agora