ac am rr pa ap ma pi ce rn pb pe al se ba to mt ro ms go df mg es rj sp pr sc rs
  • RSRio Grande do Sul
  • SCSanta Catarina
  • PRParaná
  • SPSão Paulo
  • MSMato Grosso do Sul
  • RJRio de Janeiro
  • ESEspírito Santo
  • MGMinas Gerais
  • GOGoiás
  • DFDistrito Federal
  • BABahia
  • MTMato Grosso
  • RORondônia
  • ACAcre
  • AMAmazonas
  • RRRoraima
  • PAPará
  • APAmapá
  • MAMaranhão
  • TOTocantins
  • SESergipe
  • ALAlagoas
  • PEPernambuco
  • PBParaíba
  • RNRio Grande do Norte
  • CECeará
  • PIPiauí
menu Sebrae

Cursos e Eventos

Cursos e Eventos presenciais

Confira a programação do Sebrae no seu estado e inscreva-se já.

Cursos Online

Matricule-se nos cursos online 100% gratuitos e estude sem sair de casa.

Mon Feb 25 15:52:51 GMT-03:00 2019
Finanças
Dicas para diminuir o risco de fraudes no comércio eletrônico
Com o aumento da profissionalização do e-commerce no país, o cenário tem melhorado e existem diferentes formas de garantir a segurança do seu negócio.

Fraudes em pagamentos eletrônicos são um medo comum tanto para empreendedores quanto para clientes de lojas virtuais. Mas, atualmente, existem diferentes formas de reduzir os riscos e garantir segurança nas suas transações financeiras.

Em caso de vendas que envolvam um valor alto, peça para o comprador enviar uma cópia da fatura via email.

Duas formas de ação

Basicamente há dois caminhos principais para o seu negócio: terceirizar a operação para empresas especializadas ou criar uma estrutura própria.

Para as empresas que escolhem a segunda opção, é interessante utilizar ferramentas automáticas de pontuação ou de detecção de sinais de fraudes. Em caso de suspeitas, também é possível fazer a validação do nome e CPF na Receita Federal ou em sistemas de proteção ao crédito, além de validações ativas - quando se entra em contato direto com o cliente.

Precauções

Além dessas validações, existem algumas outras precauções que o empresário pode tomar para atuar por conta própria em caso de suspeita de fraude:

  • Ligue para o telefone informado no cadastro da compra e peça ao cliente que confirme as informações. Muitos golpistas não estão preparados para fornecer imediatamente os dados que foram inseridos no site.
  • Grave o IP do computador do cliente, assim como a data e hora da transação. Existem ferramentas de GEOIP, como a MaxMind, que fornece a localização aproximada de certo IP. Compare o endereço de entrega com o endereço do IP. Além disso, é importante gravar o IP porque você pode usá-lo para reaver a mercadoria, se for o caso.
  • Em caso de vendas que envolvam um valor alto, peça para o comprador enviar uma cópia da fatura via email. Também lembre de monitorar e guardar todas as trocas de e-mails entre sua loja e o consumidor.

Além disso, se você ainda tiver dúvidas, procure a orientação de um especialista nos nossos Canais de Atendimento.

Compartilhar
Favoritar

    Salvo na lista de favoritos

O conteúdo foi útil para você?

Conteúdo relacionado

Converse online com o Sebrae

Tire suas dúvidas em tempo real e receba dicas sobre os seus negócios
diretamente dos nossos especialistas em pequenas e microempresas.
Um serviço gratuito para você.

Converse agora