MELHORIA EM LAYOUT DE PONTO COMERCIAL

Saiba mais sobre as lojas conceito: uma das tendências do varejo

Também chamados de flagship stores, esses estabelecimentos são oportunos para quem quer mostrar serviços diferenciados.

  • Identidade e design

As lojas conceito, ou flagship stores, proporcionam ambiente de aproximação entre marca e cliente, além de configurar tendência do mercado contemporâneo. A modernização dos espaços tem sido explorada pelos estabelecimentos que querem ser identificados dessa maneira.

Com a necessidade de o cliente sentir-se mais confortável e ambientado no seu espaço de compra, esse segmento valoriza recursos visuais, como ornamentação e arquitetura, explorando aspectos emocionais e sensoriais.

Para que o negócio venha a tornar-se loja conceito, o produto deve ser exposto de forma atraente, expressando originalidade. 

Nesse sentido, a loja conceito diferencia-se pelos seguintes aspectos: iluminação, música, ambiente, cheiro, posicionamento do produto e atendimento personalizado.

Tudo isso é oferecido ao público com bastante autenticidade e criatividade da loja que busca ser única e expressar novos conceitos. Ela deve apresentar as seguintes características:

  • Valores da marca explorados pela publicidade do produto;
  • A comunicação dos valores da marca;
  • Ambiente customizado;
  • Novas sensações despertadas no consumidor, por exemplo, por meio da música e cheiro;
  • Eventos de apresentação do produto;
  • Serviços personalizados de consultoria;
  • Interatividade proporcionada pelo espaço.

Identidade e design
  • Diferencial competitivo

A imagem que o ambiente reflete é aspecto muito importante para o alcance do sucesso do negócio. No caso das vendas, muitos consumidores são guiados pelo olhar na hora de adquirir o produto, por isso, o visual é fundamental.

Mas isso não quer dizer que apenas o que é visto (como a ornamentação do ambiente) é determinante para a projeção de uma loja conceito, pois o comportamento dos atendentes e a forma como a empresa relaciona-se com a sociedade, por exemplo, fazem parte da imagem que o consumidor leva.

A decisão do cliente de retornar ou não à loja dependerá, muitas vezes, da identificação do perfil do estabelecimento. Aliás, é válido que o segmento direcione suas estratégias de mercado à manutenção e à divulgação positiva de sua identidade.

As lojas conceito possuem traços visuais peculiares que vão sendo percebidos e absorvidos pelo consumidor. O design contemporâneo, por exemplo, caracteriza a empresa preocupada com inovação em benefício do consumidor, ao contrário daquelas que se preocupam apenas com o processo da venda.

Cuidar do visual proporciona nova experiência de compra e contribui para que o cliente sinta-se em um ambiente agradável e que aguce os seus sentidos para as opções de produtos, devidamente apresentados e distribuídos.

A loja também deve investir na visibilidade da marca, desde a sua apresentação na vitrine até a escolha das cores. Publicidade e mobiliário fazem parte desse conjunto de elementos que tornam a loja e seus produtos reconhecidos imediatamente por quem consome.

Diferencial competitivo
  • Identidade e design

Um dos principais benefícios de uma loja conceito é que ela acaba fixando-se na mente do consumidor. Por isso, aderir a essa moda pode ser um grande passo para estabelecimentos que pretendem posicionar-se no mercado.

Ao apresentarem novo perfil de atendimento e de apresentação de produtos aos clientes, as lojas conceito também mostram a preocupação em inovar para prestar serviços personalizados.

Utilizar recursos da mídia, contando com o auxílio de gestores experientes em marketing, publicidade e propaganda, contribui de forma substancial para a visibilidade do segmento, tornando-o competitivo.

Saiba mais

Confira nosso boletim Lojas conceito: uma nova experiência de compra. Para ter acesso ao conteúdo completo, cadastre-se.

O conteúdo foi útil para você?

  • Sim
  • Não

Enviado com sucesso! Agradecemos sua ajuda.


Compartilhe: