ac am rr pa ap ma pi ce rn pb pe al se ba to mt ro ms go df mg es rj sp pr sc rs
  • RSRio Grande do Sul
  • SCSanta Catarina
  • PRParaná
  • SPSão Paulo
  • MSMato Grosso do Sul
  • RJRio de Janeiro
  • ESEspírito Santo
  • MGMinas Gerais
  • GOGoiás
  • DFDistrito Federal
  • BABahia
  • MTMato Grosso
  • RORondônia
  • ACAcre
  • AMAmazonas
  • RRRoraima
  • PAPará
  • APAmapá
  • MAMaranhão
  • TOTocantins
  • SESergipe
  • ALAlagoas
  • PEPernambuco
  • PBParaíba
  • RNRio Grande do Norte
  • CECeará
  • PIPiauí
menu Sebrae

Cursos e Eventos

Cursos e Eventos presenciais

Confira a programação do Sebrae no seu estado e inscreva-se já.

Cursos Online

Matricule-se nos cursos online 100% gratuitos e estude sem sair de casa.

Fri Nov 13 14:55:57 GMT-03:00 2015
Organização
Sustentabilidade nos negócios
Os ganhos são diversos em trabalhar dentro de princípios da sustentabilidade.

O desafio das empresas hoje em dia é saber como incorporar os conceitos de sustentabilidade ao dia a dia dos negócios. Durante muito tempo acreditou-se que sustentabilidade custa caro, ou que era apenas para grandes empresas. Mas essas são ideias ultrapassadas, e devem ser abandonadas, sob o risco dos pequenos negócios perderem competitividade frente a concorrentes preparados para atender às demandas dos mercados por uma produção mais limpa e socialmente justa.

Há diversos ganhos em trabalhar dentro de princípios de sustentabilidade, basta compreender onde esses conceitos se encaixam dentro do negócio. Podem haver ganhos na economia de matérias-primas, de energia, nos processos de produção ou no descarte adequado de resíduos.

Em questões sociais, os ganhos podem estar na relação ética com consumidores e fornecedores, em participar de forma cidadã nas comunidades que são impactadas pelo negócio, em utilizar a publicidade não apenas para vender produtos e serviços, mas também para reforçar boas práticas e cidadania.

No aspecto econômico, compreender que a empresa não é apenas uma máquina de ganhar dinheiro, mas também uma organização que é parte da qualidade de vida de seus gestores, das famílias envolvidas e das comunidades as quais atende.

Segundo Jonh Elkington, criador do conceito de equilíbrio ambiental, social e econômico, para a sustentabilidade o lucro não deve ser o principal objetivo de uma empresa. O lucro é apenas uma parte essencial para que a empresa busque sempre cumprir a sua missão. Essa missão deve ser o objetivo principal da empresa.

Compartilhar
Favoritar

    Salvo na lista de favoritos

O conteúdo foi útil para você?

Conteúdo relacionado

Fale com o Sebrae

Converse online, por chat ou email, com os técnicos do Sebrae
para tirar dúvidas e receber orientações sobre o seu negócio.
É gratuito!

Converse agora