ac am rr pa ap ma pi ce rn pb pe al se ba to mt ro ms go df mg es rj sp pr sc rs
  • RSRio Grande do Sul
  • SCSanta Catarina
  • PRParaná
  • SPSão Paulo
  • MSMato Grosso do Sul
  • RJRio de Janeiro
  • ESEspírito Santo
  • MGMinas Gerais
  • GOGoiás
  • DFDistrito Federal
  • BABahia
  • MTMato Grosso
  • RORondônia
  • ACAcre
  • AMAmazonas
  • RRRoraima
  • PAPará
  • APAmapá
  • MAMaranhão
  • TOTocantins
  • SESergipe
  • ALAlagoas
  • PEPernambuco
  • PBParaíba
  • RNRio Grande do Norte
  • CECeará
  • PIPiauí
menu Sebrae

Cursos e Eventos

Cursos e eventos do seu estado

Confira a programação do Sebrae no seu estado e inscreva-se já.

Cursos Online

Matricule-se nos cursos online 100% gratuitos e estude sem sair de casa.

Wed Jul 17 10:49:38 GMT-03:00 2019
Finanças
Formação de preços na prática
Definir valores de produtos no método da margem de contribuição, seus custos variáveis diretos, margem de contribuição por produto, custos, lucro e prejuízo.
  • Conheça os custos
  • Como usar a planilha
  • Saiba mais

Conheça os custos

Custos variáveis ou diretos - São ligados diretamente ao produto. Se a venda de produtos aumenta, eles também aumentam. Se as vendas diminuem os custos também reduzem.
Exemplo: Preço de compra de produtos, impostos sobre as vendas.

              

Margem de contribuição – É o valor percentual ou que o produto contribui para o negocio, obtida diminuindo-se os custos variáveis do preço de venda dos produtos. O resultado chama-se margem de contribuição.

Exemplo: Preço de venda R$ 100 - preço de compra R$ 50 – imposto 5% R$ 5 = margem de contribuição de 45% R$ 45.

Custos fixos: São custos existentes no negócio havendo ou não vendas – aluguel, telefone, energia, água, salários.

Exemplo: margem de contribuição de 45% R$ 45 – telefone R$ 5 – energia R$ 5 – água R$ 10 = lucro de 25% R$ 25

Como usar a planilha

      

A planilha em anexo é uma ferramenta sugerida para a formação do preço do seu produto, nela contém os itens necessários para a formação do preço de produtos e serviços.

Para usá-la basta digitar os valores nos locais que estão na cor verde, que os demais cálculos a planilha fará automaticamente.

 Nela exemplificamos um negócio que vende leite:

  • Quantidade em estoque = 2.000 latas
  • Preço de venda = 8,00
  • Preço de compra = 4
  • Mês de janeiro, venda do dia 1 = 1.000 latas

 

Custo fixo:

  • Salário= 788
  • Retirada do proprietário = 1.500
  • Luz = 100
  • Telefone =100
  • Água = 50

 

Recomendações: considere sempre o preço de venda igual ou menor ao praticado pelo concorrente. No caso da formação do preço ou da venda de mais de um produto, utilize a dedução dos custos fixos somente após ter a receita total do somatório de todos os produtos vendidos. 

Utilize a planilha e certifique-se de que seu negócio realmente está dando ou dará lucro.

 

Por Antônio Viana - Analista do Sebrae no Amapá

Saiba mais

-> Planilhas que facilitam a gestão de suas finanças 

Compartilhar
Favoritar

    Salvo na lista de favoritos

O conteúdo foi útil para você?

Conteúdo relacionado

Fale com o Sebrae

Converse online, por chat ou email, com os técnicos do Sebrae
para tirar dúvidas e receber orientações sobre o seu negócio.
É gratuito!

Converse agora