Wed Nov 11 10:55:44 GMT-03:00 2020
Mercado e Vendas
Como utilizar a black friday para impulsionar suas vendas online?
Quer potencializar suas vendas online na Black Friday? Descubra como fazer isso neste post.

A Black Friday é uma data muito esperada por lojistas em todo o Brasil, especialmente os que trabalham com vendas online. Isso ocorre por causa da grande expectativa dos consumidores, que acaba servindo como uma autopromoção da data e facilitando o trabalho de marketing e publicidade da empresa.

O foco principal é oferecer descontos efetivamente interessantes em alguns grupos de produtos, trazendo o cliente para dentro do site e aumentando as chances de ele levar várias mercadorias de uma única vez.

A Black Friday, quando bem estruturada, pode proporcionar bons resultados para a empresa em termos de vendas online e, neste artigo, mostraremos como você pode fazer isso. Acompanhe!

Preocupe-se com a experiência do usuário

O foco em promoções e ofertas é realmente muito importante, entretanto, você jamais deve abrir mão da experiência do cliente. A qualidade no atendimento deve estar presente em todas as etapas do processo de compra, desde o momento em que o cliente acessa o seu site até o recebimento do produto.

Para garantir uma excelente experiência do usuário, você deve avaliar alguns pontos, como:

  • avalie com atenção o funcionamento do seu site e verifique se ele está apto a receber um grande volume de acessos;
  • cuide do estoque (discorreremos mais sobre o tema em outro tópico mais adiante);
  • faça testes nas formas de pagamento para evitar o abandono de carrinhos;
  • melhore o seu checkout, personalizando-o com elementos e imagens que remetem à Black Friday.

Além de avaliar esses pontos, também vale a pena buscar opiniões de alguns usuários para verificar como foi a experiência. Isso pode ser feito colocando um formulário de pesquisa ao final do processo de pagamento ou enviando um e-mail com esse tipo de ferramenta após o recebimento dos produtos.

Esse tipo de estratégia tem como objetivo buscar o feedback dos clientes e melhorar os processos dentro do seu site para as próximas datas comemorativas, como o Natal — que começa logo após a Black Friday.

Invista em uma pré-campanha

Outra estratégia para potencializar as suas vendas online no período da Black Friday é investir em uma pré-campanha. A maioria dos lojistas fazem ofertas antecipadas, justamente para preparar os seus clientes para o grande dia ou, até mesmo, para testar algum tipo de estratégia.

Esse “esquenta Black Friday” apresenta ao consumidor algumas dicas interessantes e faz a sua empresa ficar mais conhecida, aumentando a base de clientes e potencializando as vendas durante o período.

Entretanto, essas ações de antecipação devem ser feitas sempre próximas à Black Friday, para que o cliente associe esse aquecimento às promoções que, de fato, acontecerão na última sexta-feira de novembro.

Esteja atento às técnicas de upsell e venda cruzada

Upsell é um termo que significa vender mais, em português. Basicamente, trata-se de uma estratégia que tem como objetivo otimizar a experiência do consumidor e abrir margem para que ele compre mais produtos em seu estabelecimento.

Para que isso ocorra, você deve inserir a possibilidade de adquirir combinações de produtos com desconto. Esses itens precisam complementar algum outro em que o cliente já está interessado e disponibilizar um desconto realmente interessante, para que ele se sinta motivado a aproveitar a oportunidade.

Esse tipo de promoção combinada tem um grande potencial nesses períodos de Black Friday ou outras datas comemorativas. Tal estratégia também é conhecida como venda cruzada. O foco de ambas é aumentar o valor que um cliente vai gastar no seu estabelecimento, oferecendo outros produtos complementares.

Esses itens adicionais podem ser aqueles que tem um giro menor dentro do seu site e, consequentemente, menos saída. Assim, além de potencializar o faturamento, essa estratégia diminui o volume de estoque de produtos que dificilmente têm saída.

Adéque ofertas aos canais de comunicação

Outro ponto que você deve analisar nas vendas online durante o período de Black Friday é a adequação de cada uma das ofertas de acordo com os canais de divulgação. Isso significa que é preciso avaliar o público que está presente em cada um desses meios de comunicação e criar promoções distintas para eles.

Mas é preciso ter muito cuidado. Essa adequação de ofertas deve ser com produtos diferentes. Você não pode, por exemplo, oferecer um item X por R$ 100,00 para os seguidores do seu perfil no Instagram e por R$ 110,00 para o mesmo produto aos que estão na lista de e-mails.

Por isso a segmentação é muito importante, e você deve fazer isso em seus canais de comunicação. O que precisa ser avaliado são os produtos que chamam mais a atenção dos consumidores em cada um dos canais e oferecer ofertas para esses itens.

Além disso, a própria comunicação entre esses meios também precisa ser exclusiva, até mesmo para garantir que a empresa cumpra com todos os requisitos de cada uma das plataformas.

Utilize o e-mail marketing

Existem algumas pessoas que afirmam que “o e-mail marketing morreu” ou ainda que “estratégias de e-mail marketing não funcionam mais”. Tudo bem, cada um pode ter a sua opinião, mas pense em uma situação: você conhece alguém que seja economicamente ativo que não tem, pelo menos, um endereço de e-mail?

Não há como fugir dele: até para abrir uma conta em redes sociais você vai precisar de um endereço de e-mail. Então, afirmar categoricamente que ele não funciona mais é algo que você deve, simplesmente, não deveria fazer.

Muito pelo contrário! O e-mail marketing pode ser uma grande ferramenta para atrair clientes para as suas promoções de Black Friday, ativando diversos gatilhos mentais como a escassez, o senso de urgência e a exclusividade.

Por meio dessa ferramenta você ainda pode divulgar as suas campanhas de Black Friday com um custo baixíssimo, enviando cupons, códigos promocionais ou demais estratégias que façam com que o seu consumidor acesse o seu site e faça compras no período da Black Friday.

Entretanto, para garantir que esse mecanismo tenha uma eficiência maior, é preciso avaliar alguns pontos, entre eles:

  • a criação de um design limpo, sem muitas distrações;
  • a segmentação de ofertas e produtos de acordo com o interesse dos clientes, por exemplo, enviar promoções voltadas ao público masculino para endereços que aparentam ser de homens e assim por diante;
  • a inclusão de chamadas para ação (call-to-action) simples e claras;
  • a personalização de mensagens para clientes fiéis;
  • o controle para evitar o envio demasiado de e-mails para um mesmo cliente;
  • a realização de testes de verificação de spam.

Pense na usabilidade e mobilidade

Outro ponto importante de mencionar e que, de certa forma, também impacta na experiência do usuário é a usabilidade e a mobilidade do seu site. No primeiro caso, nos referimos à facilidade de acesso da sua plataforma, que envolve a busca de produtos, imagens e caminhos que o cliente percorre dentro do site.

Já a mobilidade trata da adequação do seu site para dispositivos móveis, como tablets e smartphones. Atualmente, muitas pessoas estão utilizando esses aparelhos para fazer buscas e, até mesmo, compras pela internet. Portanto, é preciso dar o máximo de atenção a eles.

Tenha muita atenção ao estoque

Pense na seguinte situação: você fez todo o seu trabalho de forma excepcional, adequou o site, pensou na experiência do usuário, fez promoções extremamente atraentes e, de repente, se depara com a falta de estoque para suprir as necessidades dos seus clientes. Consegue imaginar o tamanho do prejuízo que isso pode causar?

Acredite, isso não é incomum. Afinal, a Black Friday movimenta muito o comércio. Segundo dados da Revista Veja, o ano de 2019 representou um aumento de aproximadamente 23% em relação a 2018, o que totalizou cerca de R$ 3,2 bilhões em vendas somente no ambiente online.

Mesmo com a pandemia de coronavírus, a expectativa é que esse número se mantenha ou cresça no ano de 2020. Logo, é fácil perceber que os estoques serão muito impactados nesse período e, portanto, você precisa se preparar para isso.

Porém, quando se discute o tema estoque, é preciso ter cuidado. Afinal, fazer muitas compras e deixar produtos parados também não é uma alternativa interessante. É por isso que você deve centralizar as suas promoções em itens que têm uma grande saída.

Dessa forma, pode adquirir um número maior de produtos com a tranquilidade de saber que será capaz de vender esses itens, mesmo se as vendas online do período da Black Friday não forem capazes de liquidar esse estoque.

Invista em parcerias

Uma estratégia interessante para ser adotada no período de Black Friday é fazer parcerias com outras empresas, que podem ter relação com produtos, como promoções em conjunto, complementação de produtos etc.

Algumas organizações também fazem parcerias com serviços. Por exemplo, se você efetuar uma compra acima de um determinado valor, recebe um mês gratuito de assinatura de algum tipo de serviço com a empresa parceira. Essa também é uma alternativa interessante para quem deseja aumentar as vendas online na Black Friday.

Podemos concluir que a Black Friday é uma grandiosa oportunidade de potencializar as suas vendas online, gerando mais receita no fim do ano — o que pode servir como uma forma de rentabilizar o seu negócio em um período que impactou negativamente todos os ramos do comércio.

Gostou destas dicas? Que tal compartilhar o artigo em suas redes sociais? Dessa forma, mais pessoas terão acesso a esse conhecimento tão valioso.

Compartilhar
Favoritar

    Salvo na lista de favoritos

O conteúdo foi útil para você?

Conteúdo relacionado

Fale com o Sebrae

Converse online, por chat ou email, com os técnicos do Sebrae
para tirar dúvidas e receber orientações sobre o seu negócio.
É gratuito!

Converse agora