ANÁLISE DE TENDÊNCIA

Conheça detalhes e potencialidades da moda sustentável

Com mercado em expansão, a produção sustentável de roupas e acessórios atende às novas demandas do consumidor contemporâneo.

  • O que é?

O conceito de sustentabilidade tem sido debatido em todas as instâncias da sociedade, desde a produção ao consumo.

Na moda, esse tema também tem ganhado destaque, principalmente pelo trabalho desenvolvido por pequenas indústrias e ateliês de costura sustentáveis.

As novas demandas do consumidor contemporâneo, que busca produtos que respeitem o meio ambiente e sejam produzidos de forma racional, fazem a produção sustentável ganhar cada vez mais espaço.

Essa mudança no perfil do consumidor tem expandido o nicho de moda sustentável, tanto para o público interno como para a exportação.

A adoção de práticas sustentáveis, mesmo na produção em grande escala, é um desafio e também uma vantagem competitiva para o setor de moda. A perspectiva é de crescimento e de boa aceitação para empreendimentos que apostem nesse conceito.

O que é?
  • Nichos

A moda sustentável é aquela que, em todas as suas etapas, preza pelo respeito ao meio ambiente e à sociedade, valorizando as pessoas envolvidas na produção e incentivando o consumo consciente.

Com base nesses princípios, trabalha-se com matérias-primas menos poluentes, também produzidas de forma sustentável; busca-se a redução do desperdício e o uso racional de recursos como água e energia elétrica.

O conceito de sustentabilidade aplicado à moda propõe produção mais humanizada, sem a exploração da mão de obra, com remuneração mais justa. Além de produzir peças cujo design e funcionalidade favoreçam o uso duradouro.

Nichos
  • O que é?
  • Diferenciais

A sustentabilidade na moda é um conceito que pode ser aplicado de várias formas, desde a busca pela redução de resíduos da indústria tradicional até a adoção de práticas sustentáveis em todas as etapas da produção.

Os principais nichos da moda sustentável são os seguintes:

  • Produção com fibras naturais (algodão orgânico, linho, lã, cânhamo) ou com tecidos alternativos, como os feitos com garrafa pet ou de fibra de bambu.
  • Reaproveitamento de rejeitos de tecidos, couro ou materiais sintéticos descartados pela indústria.
  • Ecojoias e biojoias, acessórios produzidos com matérias-primas recicladas ou naturais.
  • Ecobags, bolsas confeccionadas com materiais sustentáveis.

Diferenciais
  • Nichos

A sustentabilidade na moda tem crescido e conquistado espaço principalmente devido ao trabalho de ateliês, cooperativas e oficinas, muitas delas situadas em comunidades carentes.

Também em decorrência disso, por vários aspectos, a moda sustentável agrega conceitos da economia solidária, formando redes de crescimento socioeconômico em localidades que necessitam de investimentos. Isso gera empregos para parcela da população negligenciada pela forma hegemônica de produção.

A moda sustentável também trabalha com a valorização de saberes tradicionais, com o resgate de técnicas de costura manuais e práticas artesanais que agregam valor às peças e ajudam na afirmação da identidade cultural.

Outro diferencial que deve ser destacado neste mercado é a inovação das peças. Muitas vezes, erroneamente, o termo é associado a uma estética primária. No entanto, as produções de moda sustentável têm se destacado justamente pelo design funcional e arrojado.

Saiba mais

Confira a publicação "Nichos de Moda" (em PDF).