Tue Dec 30 14:27:29 GMT-03:00 2014
Inovação
De olho no consumidor online
Já foram desenvolvidas ferramentas que torna possível traçar o perfil do cliente que compra pela internet.

Sistemas avaliam tráfego de usuários ou cidades, qual fluxo de vendas não está sendo explorado e índice de visitantes que concluem a compra por meio de lojas onlines.

Conhecer o perfil do consumidor é uma das principais regras para traçar estratégias de vendas para a micro e pequena empresa. E o empreendedor pode contar com as inovações tecnológicas para ficar de olho em seu cliente, conhecendo suas preferências.

Muitas empresas estão investindo em tecnologias que consigam traçar o perfil dos seus consumidores de acordo com o comportamento de busca e compras anteriores. Essas pesquisas permitem quantificar as visitas, quais produtos ele vê ou mesmo seu histórico de compras.

Atualmente, existem diversas ferramentas disponíveis no mercado que conduzem a indicadores para analisar o consumidor e o sucesso do e-commerce.

Conheça algumas delas:

  • Análise do público (% de visitantes do site, qual a fonte de tráfego e/ou cidade dos usuários);
  • taxa de conversão (o índice de pessoas que compram no site, as que não compraram, e motivo de não terem comprado);
  • funil de conversão (descobre qual parte do fluxo de vendas está se perdendo consumidores);
  • análises técnicas (se o site é compatível com os sites operacionais); e
  • usabilidade do usuário do site (quais os conteúdos que os usuários consomem no site).

Para obter esses indicadores, as ferramentas que podem ser usadas são:

  • Google Analytics,
  • Site Catalyst,
  • Coremetrics, e
  • Webtrends.

Pesquisa

Um levantamento realizado pela Econsultancy, em parceria com a Lynchpin, revelou que 41% das empresas que utilizam o Google Analytics, dizem que mais de 50% dos dados coletados são úteis na tomada de decisão da empresa.

Compartilhar
Favoritar

    Salvo na lista de favoritos

O conteúdo foi útil para você?

Conteúdo relacionado

Fale com o Sebrae

Converse online, por chat ou email, com os técnicos do Sebrae
para tirar dúvidas e receber orientações sobre o seu negócio.
É gratuito!

Converse agora