Wed Sep 09 18:35:46 GMT-03:00 2020
Organização
Entre uma xícara de café e outra: lide com a crise e saia fortalecido
Mantenha a sua marca presente, adote estratégias que zelem pela saúde dos clientes e colaboradores, preserve também a saúde financeira do seu negócio.

Café é tradição, é paixão nacionalO sonho de muitos empreendedores é abrir uma cafeteria e fazer parte de um mercado que reúne hoje cerca de 10.000 estabelecimentos espalhados em todo o Brasil.  

Por conta da pandemia do coronavírus, o comércio em geral es fechado para preservar a saúde das pessoas e ajudar a conter o contágio. Isso afeta o universo das cafeterias, que permanecerão fechadas até que a situação volte à normalidade e seja possível reabrir as portas 

Mas como sobreviver assim, se o seu negócio depende essencialmente das vendas?   

As empresas precisam alcançar os clientes para manter a sua saúde financeira e,ao mesmo tempo, devem cumprir com as restrições legais de distanciamento e de se evitar aglomerações - medidas impostas pelo Governo Federal em todo o país.   

Diante desse cenário, veja algumas dicas importantes e úteis que você pode implementar para amenizar os impactos da atual crise econômica. 

 

Cuidados financeiros 

Estoque parado é um custo que pode ser evitado com planejamento.  

  • Nesse momento, é importante reduzir custos, já que é inevitável que a sua receita diminuaReveja a sua previsão de demanda, assim não irá comprar insumos desnecessários. Mantenha foco nos produtos imprescindíveis para a manutenção das suas atividades.  

  • Converse com seu fornecedor e negocie a ampliação de prazos para pagamento das compras já feitas e das que você precisará fazer nesse período. Ele também enfrenta dificuldades e, certamente, está aberto à negociação que seja razoável para ambos os lados.  

 

Como continuar vendendo?

As cafeterias costumam estar sempre cheias, pois é um local onde as pessoas vão não apenas para tomar um cafezinho, mas para encontrar amigos, conversar, se distrair ou até mesmo para trabalhar, entre uma xícara de café e outra. Ou seja, os clientes buscam uma experiência agradável nos ambientes de cafeteria.  

Que tal, nesse momento de crise, entregar boas experiências na casa do cliente?  

Seja criativo! Diferencie-se!  

Existem muitas possibilidades: 

  • Invista em delivery: mesmo com a demanda reduzida, as pessoas continuarão comprando se o produto for entregue de forma segura. Para essas entregas, crie pacotes promocionais para incentivar o consumidor a comprar mais produtos de uma vez. Crie, por exemplo, kits: café da manhã, brunch, refeição levechá da tarde, Ceia etc. Produza fotos desses “kits” e faças preços promocionais. Publique as fotos no Instagram, facebook e demais redes sociais e estabeleça raio de abrangência das entregas.  

  • Implemente o Grab and Go: adote esse conceito, em que o cliente solicita o pedido por telefone, aplicativo ou redes sociais (conforme a estratégia da empresa) e o próprio cliente vai no estabelecimento para buscar o produto, sem precisar permanecer no local. Ou seja: o cliente “pega” e “vai”. 

  • Ofereça Vouchers: a empresa pode interagir com clientes usuais = especialmente aqueles que demonstram respeito pela marca, e estimular que  comprem vouchers para consumo futuro, quando o comércio voltar ao normal. Essa estratégia fará com que continue entrando dinheiro no caixa da empresa e ela possa pagar as despesas nesse período de escassez. O incentivo para o cliente é a possibilidade de que ele obtenha descontos interessantes por essa compra antecipada.  

  • Marque a “presença da marca”: seja em delivery ou em outra forma de vendas, sempre que possível surpreenda o seu cliente. Agregue um chocolate ou um simples cartão: deseje que o cliente fique bem, na companhia da sua família e amigos; diga que tudo logo vai passar e que a “cafeteria” estará de portas abertas para comemorar ao seu ladoMensagens simples e acolhedoras não custam nada e são capazes de manter o vínculo da marca com os clientes!  

 

Segurança com a saúde 

Lembre-se de que o período exige um cuidado maior com a saúde e que manter o distanciamento físico é necessário. Além disso, os objetos devem estar sempre higienizados, assim como a embalagem dos produtos entregues.  

Proteja seus funcionários e os clientes, a sua equipe deve sempre utilizar as medidas de segurança. Assim, até mesmo no delivery é importante que o entregar utilize luvas e  higienize a maquininha de pagamento (que deve estar com plástico filme nas teclas), na frente de cada cliente, de modo que o cliente veja que ele não está encostando em nada que represente risco para a sua saúde.  

 

Comunicação com o cliente 

Com o distanciamento forçado, é o momento de investir em canais digitais e não deixar que seus clientes esqueçam de você. Impulsionar posts em redes sociais é um jeito barato e eficaz de se fazer presente 

Comunique-se com os seus clientes e mostre os seus processos de higienização. Isso pode deixá-los mais seguros e propensos a comprar.  

Faça uma rotina de postagens, assim você sempre aparecerá para as pessoas. Divulgue seus produtos e aproveite para explicar como está sendo o modelo de atendimento da sua cafeteria nesse momento.  

 

Otimize seu tempo e qualifique-se 

Que tal utilizar esse tempo para se qualificar e para estimular a qualificação da sua equipe 

O Sebrae disponibiliza dezenas de cursos online gratuitos 

Utilize o tempo  para organizar seu estoque, para pensar em novolayouts, mexer na decoração com custo zero ou custo baixo (não é hora de gastar!), faça aquele reparo ou aquela pintura que nunca dá tempo de fazer porque a rotina diária não permitia. Organize melhor o ambiente para encantar o cliente quando puder reabrir as portas. 

E que tal descobrir novas receitas para incrementar o seu cardápioCom a agenda livre é possível instigar sua criatividade para estar mais bem preparado para quando a pandemia passar.  

 

Lembre-se: toda crise é também uma janela de oportunidades! 

E tenha certeza de que o Sebrae está ao seu lado, pois não é preciso estar perto para estar junto! Conte com o Sebrae! 

 

Escrito por Carmen Lúcia, colaboradora do Sebrae Nacional.

Compartilhar
Favoritar

    Salvo na lista de favoritos

O conteúdo foi útil para você?

Conteúdo relacionado

Fale com o Sebrae

Converse online, por chat ou email, com os técnicos do Sebrae
para tirar dúvidas e receber orientações sobre o seu negócio.
É gratuito!

Converse agora