DESIGN

Projeto ajuda empresas a melhorar suas embalagens

Elas receberam incentivo e subsídio para investir no desenvolvimento de embalagens inovadoras para seus produtos.

  • Embalagem para Todos

Após participar do projeto Abre-Sebrae – Embalagem para Todos e investir no desenvolvimento ou no redesenho da embalagem de seus produtos, as pequenas empresas Salera Produtos Gastronômicos, de Belo Horizonte, Grenat Cafés Especiais, de Brasília, e Barão do Ouro, de Montes Claros (MG), conquistaram troféus do Prêmio Abre da Embalagem Brasileira, entregue pela Associação Brasileira de Embalagem (Abre) em setembro deste ano, em cerimônia realizada em São Paulo.

A Salera Produtos Gastronômicos foi vencedora em três categorias com a embalagem do Atum Salera: troféu ouro na categoria Embalagem de Alimentos Salgados, prata na categoria Embalagem de Micro e Pequenas Empresas e prata na categoria Design Gráfico de Alimentos Salgados.

Já a Grenat Cafés Especiais, conquistou os troféus de prata na categoria Embalagem de Bebidas Não Alcoólicas e de bronze na categoria Design Gráfico de Bebidas Não Alcoólicas.

A Barão do Ouro recebeu o troféu de prata na categoria Embalagem de Bebidas Alcoólicas pelo design da garrafa da cachaça Lord 79.

Embalagem para Todos
  • O Prêmio

Essas empresas fazem parte do grupo de 537 micro e pequenas empresas de todas as partes do País que receberam o apoio do projeto Abre-Sebrae, realizado entre 2004 e 2012.

A iniciativa ofereceu aos pequenos empresários serviço de desenvolvimento de embalagens criativas e adequadas às tendências de mercado, por meio de subsídio parcial do Sebrae – de até 50% – e indicação de agências especializadas associadas à Abre, que coordenou o projeto.

“Por meio do convênio, os empresários se conscientizaram sobre a importância da embalagem e sobre as ferramentas necessárias para alavancar as atividades da sua empresa, otimizando as suas possibilidades e recursos. Também perceberam que, para atender aos requisitos do mercado, as embalagens de transporte e primárias passaram a ser ferramentas-chave, sem as quais os micros e pequenos empresários não conseguem se tornar competitivos e enfrentar concorrentes de diferentes portes”, explica Kelly Vasconcelos, gerente de projeto da Abre e ex-coordenadora do projeto Abre-Sebrae.

Durante a realização do projeto, foram atendidas empresas fabricantes de produtos alimentícios, bebidas, vestuário, cosméticos, informática, construção civil, entre outros, nos estados de Alagoas, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e no Distrito Federal. Mais de 3.000 embalagens foram desenvolvidas nesse período.

De acordo Kelly Vasconcelos, “as empresas que participaram do projeto tiveram a possibilidade de oferecer uma apresentação diferenciada de seus produtos, de acordo com as últimas tendências de mercado e, depois da nova apresentação, competir em condições de igualdade com os demais produtos de sua área de atuação”.

Alguns dos resultados conquistados pelo projeto Embalagem para Todos podem ser conhecidos no site da iniciativa.

O Prêmio
  • Embalagem para Todos

O Prêmio Abre da Embalagem Brasileira é realizado pela Associação Brasileira de Embalagem e está dividido em sete módulos (embalagem, design gráfico, design estrutural, tecnologia de materiais e conversão, competitividade internacional, marketing e especial), que contam com categorias estratégicas que representam importantes frentes de atuação do setor.

Para cada categoria, são conferidos prêmios para as três melhores embalagens (ouro, prata e bronze).

Saiba mais sobre o prêmio.

O conteúdo foi útil para você?

  • Sim
  • Não

Enviado com sucesso! Agradecemos sua ajuda.


Compartilhe: