this is an h1

this is an h2

Pular para o conteúdo principal
Mon Mar 29 11:50:53 BRT 2021
Mercado e Vendas | REGISTRO DE PRODUTO
Pedra Carijó

Em meio aos maciços rochosos do noroeste do estado do Rio de Janeiro, encontra-se a distinta Pedra Carijó, de cor branca e pontos vermelhos.

· 05/03/2021 · Atualizado em 29/03/2021

Há muito tempo ela é usada como revestimento de casas, igrejas e diversos outros edifícios. Mas a origem da Pedra Carijó remonta a pelo menos 560 milhões de anos, quando ocorreu o choque entre dois paleocontinentes. E também é muito antiga a relação dessa rocha com uma região no noroeste do estado do Rio de Janeiro, que também ficou conhecida pelo nome dessa pedra branca com pontos vermelhos.

A extração começou na década de 1950, mas o uso da pedra na arquitetura começou a chamar a atenção do mercado cerca de 40 anos depois. São três as variedades mais conhecidas: “olho de pombo”, “pinta rosa” e “granito fino”. Todas elas são usadas em fachadas e áreas externas, sendo muito comum o uso em paredes, pisos e mobiliários internos.

Única e inconfundível, a Pedra Carijó passou a fazer parte da lista das três rochas ornamentais da região com uma marca própria de procedência. Esse selo de qualidade ajudou ainda mais na valorização do produto, aumentando o interesse e as vendas do produto, contribuindo também para o desenvolvimento da região.

Hoje podemos dizer que a pedra é um sucesso nas construções e projetos de arquitetura do país inteiro. É uma ótima escolha para quem busca dar um ar mais rústico, sofisitcado e ao mesmo tempo natural na decoração.

Impactos na região

O desenvolvimento da mineração da Pedra Carijó na região levou ao reconhecimento de novas áreas de exploração, ações de segurança no trabalho, novas tecnologias de exploração e aproveitamento de resíduos, gerando um retorno socioambiental da atividade.

Onde encontrar

Você pode encontrar a Pedra Carijó em lojas de construção e decoração, tanto físicas quanto online.

Dados técnicos

Número: IG201004

Indicação Geográfica: Região Pedra Carijó Rio de Janeiro

UF: Rio de Janeiro

Requerente: Sindicato de Extração e Aparelhamento de Gnaisses no Noroeste do Estado do Rio de Janeiro

Produto: Gnaisse fitado milonítico de coloração branca e pontos vermelhos de diâmetro inferior a 1 centímetro. Nas pedreiras é feito o desplacamento da rocha em lajes brutas de 50x50x8cm. Nas serrarias estas lajes são beneficiadas produzindo as lajinhas comercializadas.

Data do Registro: 22/05/2012

Delimitação: Engloba parte dos municípios de Santo Antônio de Pádua, Miracema, Laje do Muriaé, Itaperuna, Porciúncula, Varre-Sai, Natividade, Cambuci, São José de Ubá e Aperibé, com área aproximada de 2.700 km².


O conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado!

Foi um prazer te ajudar :)

Conteúdo relacionado