this is an h1

this is an h2

Pular para o conteúdo principal
Thu May 06 10:10:30 BRT 2021
Mercado e Vendas | REGISTRO DE PRODUTO
Queijo

Seja o tipo creme ou o manteiga, ninguém resiste ao Queijo do Marajó (PA), por seu sabor incomparável, fruto de um modo de fazer todo especial e tradicional

· 04/05/2021 · Atualizado em 06/05/2021

Fresco, tradicional e exótico. Assim podemos descrever o delicioso queijo produzido artesanalmente na Região dos Campos do Marajó, no Pará. Um produto especial totalmente livre de conservantes, feito a partir de leite cru de búfalas ou de vacas que se alimentam de pastos nativos livres de agrotóxicos.

Sabe por que ele é tão diferenciado? Porque é o resultado da mistura da massa coalhada, por coagulação espontânea, adicionando sal, creme de leite ou manteiga.

E como todo bom produto, o Queijo do Marajó é fruto de uma tradição bicentenária, com origem na chegada dos colonizadores portugueses e franceses à região. Inicialmente, era feito apenas com leite bovino, sendo produzido pelas famílias dos fazendeiros descendentes dos europeus para consumo próprio.

Atualmente, há dois tipos de Queijo do Marajó, o tipo “manteiga”, que leva 10 litros de leite para fazer um quilo do produto, e o tipo “creme”, que precisa de sete litros para chegar a um quilo do queijo. O tipo “creme” é o mais produzido. Por lembrar um requeijão, tornou-se o queridinho dos apreciadores da iguaria.

E, apesar da grande presença de portugueses na região, foram os marajoaras que perceberam que o maior teor de gordura do leite de búfala favorecia o rendimento na produção do queijo. Além disso, o leite bubalino possui baixo índice de colesterol, mais sais minerais e mais proteínas do que o bovino.

O verdadeiro Queijo do Marajó só pode ser fabricado nas condições climáticas e de manejo do rebanho características da região. Essa exclusividade ajuda a proteger a maneira de fazer, a tradição, a cultura, a identidade, além de agregar valor ao produto tradicional.

 

Impacto na região

Ao todo, mais de cem famílias produzem o queijo na Região dos Campos do Marajó, o que  gera emprego, renda, consumo e desenvolvimento. A Indicação Geográfica contribuiu ainda para abrir novos mercados, melhorando a vida dos produtores, além de estimular investimentos na própria zona de produção.

Onde encontrar

Fora da região, o Queijo do Marajó pode ser encontrado em supermercados e boutiques de queijos, bem como nos cardápios de restaurantes, lanchonetes, pastelarias, hotéis e pousadas de diversas capitais brasileiras.

Dados técnicos

Processo/INPI: BR 40 2018 050007-0

Data do Requerimento: 28/12/2018  

Requerente: Associação dos Produtores de Leite e Queijo do Marajó APLQMarajó

Espécie: Indicação de Procedência – IP

Natureza: Produto

Nome da Área Geográfica: Marajó

Produto: Queijo

Área Delimitada: Limites dos municípios de Cachoeira do Arari, Chaves, Muaná, Ponta de Pedras, Salvaterra, Santa Cruz do Arari e Soure.


O conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado!

Foi um prazer te ajudar :)

Conteúdo relacionado