Boas Práticas

Boas Práticas do Sebrae no Amapá em 2019

O Sebrae Nacional objetivando a identificação das Boas Práticas de Gestão do Sistema Sebrae fez um mapeamento que resultou na identificação de 91 boas práticas para inspirar nossas atividades em 2020!!!

O Amapá conseguiu emplacar práticas. Segue abaixo a lista dessas Boas Práticas emplacadas pelo Sebrae no Amapá.

Fórum do Conhecimento

O Fórum Sebrae de Conhecimento é anual, realizado na Sede do Sebrae no Amapá com a duração que varia de 2 a 3 dias. É um evento de grande porte, onde envolve toda área técnica na organização e todos os colaboradores na divulgação e comercialização. Em média cada dia de evento recebe 600 participantes.

Diferente de todas as abordagens comuns de Educação empreendedora, vista atualmente no mercado, o Fórum do Conhecimento, tem como proposta atender as necessidades do público local em conhecer e se aproximar das novas tendências de mercado, liderança, gestão e temas comportamentais, permitindo reflexão, pois o empresário precisa estar atualizado sobre as tendências de mercado para que melhore sua performance, aumentando assim a competitividade e sustentabilidade de seus negócios. Além disso, serve como um amplo espaço de networking, permitindo cadeia de conexões que se desdobram em negócios, tendo como referência o Sebrae.

Unidade de Educação Empreendedora-UEE

Jovem Descolado

Projeto Jovem Descolado é um projeto de atuação inédita no Sebrae, pois foi idealizado, planejado e executado pela unidade de educação, visa capacitar jovens em idade de 16 a 24 anos para o mundo do trabalho.

O Projeto Jovem Descolado tem total aderência as estratégias de atuação Sebrae, pois tem como foco estimular o empreendedorismo, através de Educação Empreendedora voltada para o potencial empresário ainda jovem, atendimento ao critério sociedade na formulação de parcerias, bem como o compromisso com o resultado, conhecimento, inovação, sustentabilidade, transparência e valorização humana.

E desde 2017, após firmamos parceria com o Governo do Estado, o Jovem Descolado começou a transformar a vida de vários jovens amapaenses. 

Unidade de Educação Empreendedora-UEE

Liga da Superação

O Sebrae no Amapá faz parte das organizações que estimulam o comprometimento dos seus colaboradores na implementação de mudanças estratégicas e na busca pela excelência da gestão, através de campanhas de endomarketing.

Com o propósito de criar mudanças comportamentais, utiliza a comunicação interna como instrumento, juntamente com ferramentas de recursos humanos e de comunicação eletrônica, digital e visual como estruturas de incentivos para motivação dos colaboradores.

Dessa forma, ações para fortalecer as responsabilidades, regras, processos, serviços, resultados, diretrizes, metas e objetivos, são realizadas periodicamente pela instituição.

Para atender essas necessidades comunicacionais, foi criada em 2014 a Liga da Superação, como forma de estabelecer com o público interno um canal permanente de diálogo e valorização.

PSEG e Unidade de Marketing e Comunicação-UMC

Merenda em foco

 

A Solução de Políticas Públicas intitulada Merenda em Foco foi criada visando trazer melhorias na gestão municipal para execução do Programa Nacional da Alimentação Escolar – PNAE, como instrumento de política pública eficiente com a redução de custos e valorização da produção local; alimentação saudável com a valorização e utilização de produtos da região, conforme a vocação do município e, promovendo o desenvolvimento local por meio da inclusão social e econômica do homem no campo.

Unidade de Políticas Públicas-UPP

Sábado é Dia de Negociar

Em 2008 o Sebrae no Amapá celebrou convênio com o Tribunal de Justiça do Estado do Amapá, Federação do Comércio de Bens e Serviços – FECOMÉRCIO e Associação Comercial e Industrial – ACIA, com o objetivo de colocar em prática o funcionamento do Juizado Especial da Microempresa e Empresa de Pequeno Porte. Assim, os empresários recebem débitos minimizando os riscos de mortalidade das empresas, e o consumidor tem chance de recuperar o crédito estimulando o desenvolvimento econômico local.

O convênio contempla a modernização das ações do Juizado Especial através da articulação, capacitação e orientação, visando melhor prestação do serviço jurisdicional para a MPE – conforme demonstrado por mais de 600 conciliações e instruções/julgamentos positivos envolvendo cerca de 100 empresas em 2013.  

Os eventos são coordenados pelo Juizado Especial da Microempresa, normalmente no Fórum e hall de atendimento do Sebrae no Amapá - responsável pela organização, logística e preparação da estrutura física, além da cobertura fotográfica e jornalística. Atualmente o evento ocorre de forma oportuna e conjunta às Semanas Estadual e Nacional de Conciliação.

As ações “Sábado é dia de negociar” está alinhada ao fomento de políticas públicas às MPE estaduais e municipais, visando atender à prioridade local em “articular políticas públicas e efetivar a regulamentação e implementação da Lei Geral no estado do Amapá, objetivando o tratamento diferenciado aos pequenos negócios”.

Unidade de Políticas Públicas-UPP

Tribuna Empresarial

Macapá é uma das poucas cidades no país com o juizado específico para a Micro e Pequena Empresa, além de ter sido a primeira capital a ter um Juizado para pessoa jurídica. A Tribuna Empresarial é um ponto de atendimento do Juizado Especial da MPE criado dentro das instalações do Sebrae no Amapá, em convênio com o Tribunal de Justiça do Amapá para ajuizar e facilitar a formalização de reclamações movidas por microempresas, empresas de pequeno porte e microempreendedores individuais.

A Tribuna Empresarial é uma aplicação de política pública regulamentada na Lei Geral da MPE – Lei Complementar Federal nº123/06 e na Lei Complementar do Estado nº 0044/07, disponibilizando diariamente (nos horários de funcionamento do Sebrae no Amapá) acesso ao Sistema Tucujuris do Tribunal de Justiça do Amapá por técnicos capacitados para os seguintes serviços: ações de execução de títulos judiciais e extrajudiciais (acordos, cheques, notas promissórias, duplicatas, contratos) e ações de conhecimento (cobranças, direito do consumidor, tutela antecipada), sendo excluídas ações relacionadas ao direito de família, falência, fiscal, fazenda pública, acidente de trabalho e estado/capacidade das pessoas (Lei nº 9.099/95).

Clique aqui e saiba mais sobre a Tribuna Empresarial!

Unidade de Políticas Públicas-UPP

Siga nossas Redes Sociais e fique por dentro das ações que acontecem no Sebrae!