this is an h1

this is an h2

Finanças | CUSTOS
Confira os custos para abrir uma empresa

Além dos custos, é importante você saber mais sobre planejamento, pesquisa e investimento para abrir uma empresa

· 06/01/2022 · Atualizado em 17/01/2022
Imagem de destaque

Empreender é o sonho de muita gente no Brasil. Isso porque administrar o próprio negócio parece ser mais fácil do que ter um chefe no pé. Mas, se este é o seu sonho, você precisa se preparar muito bem para abrir uma empresa.

Antes mesmo do sonho se tornar uma realidade e você conseguir, de fato, abrir uma empresa, é preciso ter muito planejamento, conhecimento, pesquisa e investimento. Além disso, há custos específicos que todo empreendedor precisa saber. Confira!

Qual o custo para abrir uma empresa?

O investimento para abrir uma empresa no Brasil vai variar conforme o Estado que você vive. Nessa etapa é importante saber que você, futuro empreendedor, terá um gasto com documentação e com um profissional de contabilidade que pode variar entre R$500,00 e R$1.500.

Porém, antes mesmo de iniciar o procedimento acima, é importante saber que tipo de empresa você quer abrir, para só então saber os gastos reais da natureza jurídica dela. Veja as opções abaixo:

Cada uma dessas naturezas jurídicas são baseadas em faturamentos diferenciados e capitais de investimento diversificados. Mas, de antemão, os gastos iniciais serão com a seguinte documentação:

  • DARE - Documento de Arrecadação de Receitas Estaduais
  • DARF - Documento de Arrecadação de Receitas Federais
  • Junta Comercial
  • Certificado Digital

Além da documentação necessária para abrir uma empresa, é importante colocar no planejamento de gastos iniciais a locação do espaço físico, compra de equipamentos, salários de colaboradores e funcionários e demais impostos (água, luz, internet, telefones e IPTU).

Basicamente, o passo a passo de abrir uma empresa está em:

1 - Ter um contador

2 - Fazer um contrato social

3 - Registrar seu negócio na Junta Comercial

4 - Pedir um alvará de funcionamento na Prefeitura da sua cidade

5 - Fazer a Inscrição Estadual 

6 - Solicitar as licenças básicas (ambiental, sanitária e Corpo de Bombeiros)

Como escolher o regime de tributação na hora de abrir uma empresa?

Ao abrir uma empresa, é importante saber que existe um regime tributário que determina o valor dos impostos a serem pagos ao mês ou ao ano. Em nosso país existem três regimes tributários que são considerados na hora de abrir uma empresa, são eles:

  • Lucro Real - instituições bancárias, cooperativas e empresas com faturamento acima de R$78 milhões.
  • Lucro Presumido - empresas que não ultrapassem o faturamento de R$78 milhões.
  • Simples Nacional - o mais buscado pelos pequenos empreendedores e empresas que faturem até R$4,8 milhões.

Custos extras importantes

  • Ter um capital extra

Antes mesmo de abrir uma empresa é importante você, futuro gestor, entender que precisa ter um investimento de sobra, ou seja, um capital extra guardado e que não faz parte dos custos habituais de documentação, contador e afins.

Essa renda extra é fundamental para um começo. Por isso, deixe reservado um capital na conta para eventuais imprevistos.

Assim que efetuar os trâmites burocráticos de abrir uma empresa, vale muito a pena registrar a sua marca. Antes de escolher e já mandar o setor de marketing investir na criação da sua logomarca, o empreendedor deve consultar no Instituto Nacional de Propriedade Industrial - INPI se há outros registros com o mesmo nome que você escolheu. 

A consulta também tem um custo e para registrar a marca também há custos específicos que podem variar de R$200,00 a R$2.000.

Além de ter  o planejamento empresarial na ponta do lápis, para abrir uma empresa é importante ter também o planejamento financeiro estruturado. Nele, além das contas fixas já anotadas, vale a pena investir num salário para si, ou seja, separar um valor de recebimento para você, além do investimento total da empresa. 

Lembre-se também de não misturar as contas pessoais com as da empresa, isso faz parte da boa gestão empresarial e previne uma possível falência do seu negócio. 

Quer aprender mais sobre planejamento financeiro? Deixamos abaixo uma cartilha sobre educação e gestão financeira para pequenos negócios. Para baixar é só clicar no arquivo abaixo e pronto!


O conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado!

Foi um prazer te ajudar :)

Precisa de ajuda?

Nós temos especialistas prontos para atender você e o seu negócio de forma online e gratuita.

Acesse agora