this is an h1

this is an h2

Inovação
Sebraetec mostra como processos inovadores podem fortalecer negócios
Iniciativa do Sebrae traz ao Itaipu Rural Show resultados que produtores das áreas de ovinocaprinocultura, vitivinicultura, apicultura e erva-mate têm aprimorad

Sebraetec mostra como processos inovadores podem fortalecer pequenos negócios

Com exemplos inovadores, sugestões de melhorias em processos e incentivo à introdução de novas tecnologias, o Sebraetec traz para a 23ª edição da Itaipu Rural Show a demonstração de projetos transformadores nas áreas de ovinocaprinocultura, vitivinicultura, apicultura e erva-mate desenvolvidos no Oeste catarinense. A feira encerra sábado (5) e os produtores interessados podem visitar os estandes e conversar com os consultores de cada área até sábado (5), quando encerra a programação do evento.

A iniciativa do Sebrae, focada em pequenos negócios, já contempla mais de 350 produtores nesses quatro setores. Na ovinocaprinocultura, o produtor rural e consultor do Sebrae, Paulo Gregianin, conta que os resultados do projeto têm sido expressivos para incentivar, profissionalizar e tornar a atividade mais lucrativa. “Nosso objetivo aqui na feira é receber as demandas de produtores que têm interesse em entrar tanto na caprinocultura de corte como na ovinocultura de corte e leite, trazendo informações de todo o sistema produtivo, tecnologias para melhorias de processos e inovações dentro da propriedade, mas com um conceito de transformar a atividade em uma atividade profissional e que traga viabilidade econômica”, destacou.

No espaço da apicultura, o consultor Julsemar Toazza, que também é presidente da Federação das Associações de Apicultores e Meliponicultores de Santa Catarina (FAASC), conta que estão sendo demonstrados a genética da produção de rainhas, novas técnicas introdutórias e manejos adequados, que estejam cada vez mais de acordo com as mudanças climáticas. “Cada época do ano provoca mudanças e as abelhas assimilam isso, mas nós precisamos saber fazer a leitura das abelhas para entender a produtividade delas. Nas técnicas de manejo para uma produção mais sustentável o grande foco é a sanidade das abelhas”, explicou.

O setor da viniviticultura está divulgando no espaço institucional do Sebrae as iniciativas realizadas em todo o Oeste com os produtores de uva, vinho, sucos, espumantes e derivados da fruta. “Para os produtores de uva contribuímos na assistência técnica lá nos pomares, com melhoramento produtivo, adequação de manejo, adubação e poda, visando sempre maximizar a produção por hectare. Na parte da produção de vinho e derivados da uva, a gente trabalha o melhoramento de processos, de produtos e a adequação no Ministério da Agricultura para que esses produtores possam ingressar no mercado”, ressalta o enólogo e consultor do Sebrae, Fábio Ecco. No estande do setor estão exibidos alguns rótulos produzidos pelos produtores assistidos pela consultoria, inclusive o primeiro espumante lançado por um participante do projeto, que é do município de Xanxerê.

Tem ainda a setorial da erva-mate, que já conta com mais de 90 agricultores integrados e assistidos. “Estamos expandindo o projeto para a principal região produtora no Oeste, em cidades como Joaçaba, Concórdia, Catanduvas e Jaborá. Já iniciamos um trabalho de recuperação, correção do solo, implantação correta, gerenciamento de colheitas, fertilização de acordo com análises de solo e boas práticas de um modo geral, considerando os diferenciais que a erva-mate exige”, afirmou o consultor Antônio Zanovello.

O analista de negócios do Sebrae, Thiago Dalla Rosa, salientou que a participação do Sebraetec no Itaipu Rural Show tem o propósito de demonstrar os resultados que esses produtores têm colhido, como funciona o trabalho das consultorias e entender, também, as necessidades de quem busca essa assistência, como a melhoria de produtividade, o manejo, a competitividade e a sustentabilidade dos pequenos negócios em cada cadeia produtiva. “Nosso objetivo na feira é expor esses resultados e captar novos negócios. Levar para o produtor a informação e a possibilidade que ele tem de acessar nossas consultorias e quais melhorias elas podem trazer dentro da atividade de cada um”, finalizou.

 

Foto 36 – Consultores do Sebrae da apicultura, Julsemar Toazza e Cleusa Finco Franzer (Foto: Suellen Santin).

 

Foto 37 – Enólogo e consultor Fábio Ecco compartilha com visitantes da feira resultados obtidos na viniviticultura (Foto: Suellen Santin).

 

Foto 38 – Produtor rural e consultor do Sebrae, Paulo Gregianin, explica avanços para profissionalizar e tornar mais lucrativa a ovinocaprinocultura (Foto: Suellen Santin).

 

 

Precisa de ajuda?

Nós temos especialistas prontos para atender você e o seu negócio de forma online e gratuita.

Acesse agora