GESTÃO DA QUALIDADE E PRODUTIVIDADE

Boas práticas de qualidade na produção de cachaça

Solução do Sebrae auxilia produtores rurais e empresários a fortalecer a atuação no mercado com a adoção de medidas que contribuam para a excelência do produto.

Apresentação

A solução de inovação e tecnologia Boas práticas de qualidade na produção da cachaça foi desenvolvida pelo Sebrae com o objetivo de auxiliar o pequeno empresário ou produtor do setor a aprimorar a produção de cachaça, por meio de aplicação de boas práticas de qualidade e segurança e um sistema de gestão da qualidade e documentação para a rastreabilidade na produção, desde o cultivo no campo à preparação na indústria.

Em modalidade presencial, é destinada aos produtores e empresários de cachaça, tanto aqueles que compram a matéria-prima de terceiros como os que produzem a própria cana-de-açúcar.

Bebida de qualidade

Garantir bebida de qualidade, respeitando os limites máximos de contaminantes, é fundamental para tornar a cachaça mais competitiva em um mercado globalizado, no qual está cada vez mais fácil adquirir tecnologia e conhecer o processo de produção.

O diferencial do produto oferecido por quem adota as boas práticas é o seu grau de excelência.

Não se trata apenas de analisar se o processo de produção da cachaça atende aos requisitos legais, mas de levar o empresário a melhorar sua produção, atendendo aos princípios de sustentabilidade, nos âmbitos ambiental, social e econômico.

Confira a seguir informações sobre formato, metodologia, conteúdo e competências adquiridas pelo empresário com a solução.

Curso e consultoria

A solução corresponde a um total de 24 horas para produtores de cana-de-açúcar e 29 horas para produtores de cachaça, além de ser composta por dois formatos: curso e consultoria.

Primeiramente, são apresentadas aulas teóricas ministradas por profissionais capacitados e, em seguida, são realizadas consultorias com o propósito de avaliar, elaborar planos de adequação e orientar os participantes do programa a implementar as boas práticas na sua unidade de produção.

Metodologia e conteúdo

Os participantes envolvidos com a produção de cana-de-açúcar (realizada no campo) são agrupados em dois níveis:

  • Campo 1 - produtores com pouca tecnologia.
  • Campo 2 - produtores com bom nível tecnológico.

Já aqueles que fazem parte da fabricação da cachaça (feita no engenho) também são separados por dois níveis: representam: 

  • Engenho 1 - produtores não formalizados.
  • Engenho 2 - produtores formalizados.

metodologia consiste em palestras de sensibilização, oferta de material didático, treinamento dos participantes, consultoria no campo e na indústria.

As estratégias adotadas envolvem:

  • Apresentação individual e dialogada.
  • Treinamento em grupo.
  • Consultoria individual in loco para diagnóstico inicial no campo e/ou na indústria.
  • Consultoria individual in loco para orientação, elaboração e execução de plano de adequação, além de avaliação final.

Quanto ao conteúdo programático, a solução de inovação é dividida em duas partes: Campo (produção da cana-de-açúcar) e Indústria (produção da cachaça).

O conteúdo abrange tópicos como aspectos legais, tecnologia de produção, controle de qualidade e manejo dos resíduos.

Competências adquiridas

Ao final do programa, os participantes estarão aptos a:

  • Compreender os conceitos de gestão de qualidade e segurança da cachaça.
  • Entender como esse conjunto de ações favorece a competitividade da sua empresa.
  • Implementar as boas práticas no cultivo da cana e na fabricação da cachaça, adotando ainda o sistema de rastreabilidade dessa qualidade (no campo e na indústria).

Para melhor aproveitamento da solução de boas práticas, além do treinamento e da capacitação dos participantes, será importante que o produtor de cachaça faça as adequações necessárias nas instalações e organize os documentos de controle de processo na rotina de produção.

Como participar

Procure o Sebrae mais próximo de você ou ligue no 0800 570 0800.

Saiba mais sobre o tema:

Confira o Papo de Negócio sobre as tendências do mercado de cachaça artesanal com Bruno Videira, mestre alambiqueiro e sommelier de cachaça.

O conteúdo foi útil para você?

  • Sim
  • Não

Enviado com sucesso! Agradecemos sua ajuda.


Compartilhe: