Thu Oct 22 21:44:32 GMT-03:00 2020
Mercado e Vendas
Você está preparado para a Black Friday 2020?
O ano de 2020 foi diferente para os negócios, mas há muitas oportunidades até o final do ano. Venda mais na semana do dia 27 de novembro, dia da Black Friday.

A Black Friday tornou-se um fenômeno de antecipação das vendas de final de ano e em 2020 acontecerá no dia 27 de novembro e é a segunda data mais lucrativa do ano para os empresários, ficando atrás somente do Natal.

Para esse ano, a expectativa é boa. Esse aumento na procura por produtos promocionais é reflexo da pandemia, e da nova maneira que o consumidor está fazendo suas compras. No entanto, o cenário esperado esse ano será diferente. Não veremos filas enormes em lojas físicas e disputas presenciais por produtos, a disputa pela venda de produtos será, em sua maioria, online. O consumidor estará buscando as melhores ofertas e concretizará suas compras por meio dos canais online, pois o número de novos consumidores digitais cresceu significativamente em 2020. O Ebit apontou que o e-commerce ganhou 7,3 milhões de novos consumidores entre janeiro e julho deste ano. Isso representa um crescimento de 38% em comparação ao mesmo período de 2019.

Mas o fato das lojas congestionadas e lotadas não se repetir esse ano, o que diminui algumas ações presenciais, não muda o fato de consumidor ainda vai se guiar pelos preços mais atrativos para escolher em que canal irá comprar.

Pensando nisso, o que o empresário pode fazer para se destacar nesse meio tão competitivo e lucrar bastante com a Black Friday?

Como lucrar mais na Black Friday?

Primeiramente é importante lembrar que nesta data o cliente busca promoções reais e relevantes. Vai se sair bem a empresa que realmente mostrar os benefícios e descontos de seus produtos.

Como as vendas são online, o cliente tem uma maior facilidade em comparar com preços anteriores. Não vale tentar o famoso “metade do dobro”, pois muitos já estão fazendo busca de preços há algum tempo, monitorando produtos. Como consequência, é possível saber se as ofertas da Black Friday 2020 são realmente compensadoras.

Além de ser honesto com seu cliente, um ponto extremamente importante é o planejamento. Gaste tempo pensando em cada ação que irá fazer.

1. Fazer promoção sem ter prejuízo!

Pense sempre que você deve ter uma margem de lucro, mesmo com descontos. Fazer a análise de preço é essencial para que uma precificação incorreta dos seus produtos traga prejuízo. Para evitar as más práticas, pense em criar promoções reais, que você possa cumprir. Oferecer descontos não planejados pode deixar você no prejuízo. Já promoções enganadoras acabarão com a credibilidade da sua marca.

2. Descontos em compras adicionais

Veja também pode utilizar outras formas de chamar a atenção do consumidor que não somente o desconto, até porque nem sempre é possível abaixar o preço dos produtos sem perder a margem de lucro. Se esse é o seu caso, uma boa alternativa é oferecer descontos para compras de itens adicionais. Esse é um tipo de promoção que incentiva a compra. Quanto mais produtos o consumidor adquire, maior é o desconto, o que o instiga a levar itens que já desejava há tempo e que agora parecem ser mais vantajosos.

Veja outros tipos de promoção:

  • Kits de produtos
  • Sorteios
  • Vendas adicionais
  • Garantia extra ou frete grátis
  • Cupons de desconto para outras compras
  • Brindes

3. Prepare sua equipe!

Todos da empresa precisam saber exatamente o que será sua oferta e estarem prontos para atender um número maior de clientes no dia. Para empresas pequenas com poucos funcionários, se destacar dos grandes concorrentes é um desafio, concorda? Mas com planejamento e treinamento adequado, as chances de dar certo são enormes!

O atendimento em loja deve ser especializado, atencioso, receptivo e acima de tudo, humanizado. Essa proximidade ainda é um dos grandes diferenciais do presencial.

4. Organize seu estoque

Organize muito bem a quantidade de produtos que você terá disponível no dia. Analisando previamente seu estoque você conseguirá ver dentre os produtos ou serviços que a sua empresa oferece, quais podem ser colocados em promoção ou quais são altamente procurados e podem atrair clientes. Você precisa de mais produtos ou seu estoque está de acordo com a projeção de vendas para a data? Para uma data importante como essa, é primordial que você revise o seu estoque para evitar problemas, por exemplo vender 20 peças mas só conseguir enviar 15 delas por um erro de estoque.

Faça seus pedidos com seu fornecedor com muita antecedência para que não tenha imprevistos.

5. Planeje sua campanha de marketing

Planeja sua campanha de marketing com antecedência, assim você irá atingir mais pessoas e não correrá o risco de divulgar seus produtos em cima da hora. O consumidor precisa saber que sua empresa oferecerá benefícios na Black Friday! Para planejar como irá divulgar, é preciso entender como seus consumidores estão se comportando. O consumidor muda de comportamento frequentemente, e, esse ano, mais do que nunca, isso se tornou evidente. Será que ele passou a consumir mais digitalmente? Ele prefere visitar uma loja física antes de realizar a compra?

Além disso abuse da criatividade e atratividade nos anúncios. Uma boa tática é criar expectativas do que terá no período de Black Friday. Isso desperta aquela sensação de que algo especial está chegando.

6. Tenha metas!

Isso facilita na hora de definir o orçamento de campanhas e os preços de venda dos produtos. Você precisa ter claro o que deseja alcançar??

Defina metas e resultados que você deseja atingir durante esse período, por exemplo algumas dessas:

  • Número de vendas
  • Receira
  • Engajamento

7. Analise seus resultados de anos anteriores

Se você já fez alguma promoção de Black Friday, veja o que deu certo e errado e o que trouxe mais retorno. Analisar métricas é sempre importante para não cometer o mesmo erro duas vezes.

É a sua primeira Black Friday? Não tem problema. Colete informações de ações promocionais anteriores, como o Natal ou outra data comemorativa.

Também não tem esses dados? Então pesquise estatísticas e referências gerais do comércio brasileiro para conseguir se planejar melhor. E não se esqueça de medir todas as suas ações da Black Friday deste ano para utilizá-las como base no ano seguinte.

Tenha plano B para seu planejamento e não se esqueça que hoje os consumidores valorizam empresas que oferecem além de desconto. Faça além do óbvio de só comunicar preços. Traga novidades, conteúdos, experiências para gerar engajamento positivo entre sua marca e os consumidores, a curto, médio e até longo prazo. As ações vinculadas a propósitos sociais e iniciativas sustentáveis não devem ser esquecidas.

Também leia o artigo Cliente fidelizado quer descontos na Black Friday. Aproveite a data!

Compartilhar
Favoritar

    Salvo na lista de favoritos

O conteúdo foi útil para você?

Conteúdo relacionado

Fale com o Sebrae

Converse online, por chat ou email, com os técnicos do Sebrae
para tirar dúvidas e receber orientações sobre o seu negócio.
É gratuito!

Converse agora