ac am rr pa ap ma pi ce rn pb pe al se ba to mt ro ms go df mg es rj sp pr sc rs
  • RSRio Grande do Sul
  • SCSanta Catarina
  • PRParaná
  • SPSão Paulo
  • MSMato Grosso do Sul
  • RJRio de Janeiro
  • ESEspírito Santo
  • MGMinas Gerais
  • GOGoiás
  • DFDistrito Federal
  • BABahia
  • MTMato Grosso
  • RORondônia
  • ACAcre
  • AMAmazonas
  • RRRoraima
  • PAPará
  • APAmapá
  • MAMaranhão
  • TOTocantins
  • SESergipe
  • ALAlagoas
  • PEPernambuco
  • PBParaíba
  • RNRio Grande do Norte
  • CECeará
  • PIPiauí
menu Sebrae

Cursos e Eventos

Cursos e eventos do seu estado

Confira a programação do Sebrae no seu estado e inscreva-se já.

Cursos Online

Matricule-se nos cursos online 100% gratuitos e estude sem sair de casa.

Wed May 27 11:38:25 GMT-03:00 2020
Empreendedorismo
MEI: Como entrar no mundo do marketing digital?
Investir no digital então passou a ser uma questão de sobrevivência para continuar no mercado.

MEI: Como entrar no mundo do marketing digital?

A pandemia do novo coronavírus trouxe um cenário de incertezas para empresas dos mais variados portes e segmentos. Milhares demicroempreendedores individuais (MEI) tiveram que fechar suas lojas físicas e buscar alternativas para continuar vendendo. Investir no digital, então, passou a ser uma questão de sobrevivência para continuar no mercado. Para muitos MEI, que nunca atuaram com o marketing digital, ter que se adaptar ao digital se tornou, então, um enorme desafio.

E aí, diversas dúvidas começaram a surgir: como entrar no mundo do marketing digital? Como vender meus produtos pela internet? Em quais mídias sociais devo estar? Para quem é MEI, vale a pena investir no digital?

As respostas para essas perguntas devem levar em consideração diversos fatores. Preparamos, neste artigo, algumas orientações para te ajudar a tomar decisões e definir a melhor forma de ingressar no mundo do marketing digital.

Em quais mídiassociais devo investir? Existe alguma que seja mais eficiente?

Essa é a primeira dúvida dos empreendedores. Mas a resposta é, não! Todas as mídias sociais são eficientes, se trabalhadas com técnica e estratégia. Para saber em qual ingressar, o primeiro passo é conhecer bem o seu público-alvo e o perfil dos seus clientes. Em quais mídias sociais, como Facebook, Instagram, ou Twitter, por exemplo, você acredita que tem mais chances de encontrá-los? Observar os concorrentes e conversar diretamente com o cliente são boas estratégias para ajudar nessa escolha.

Pense também qual o serviço ou produto que você oferece, e quais mídias sociais serão mais adequadas para divulga-los. Cada uma delas têm características próprias e um público que consome informações de formas diferentes. O Instagram e o Facebook são mais visuais, e permitem o compartilhamento de vídeos e fotos, por exemplo. Já o Twitter, é uma mídia utilizada paratextos curtos,e o Youtube é apropriado para quem deseja compartilhar vídeos. Em resumo, analise as mídias sociais que fazem mais sentido de acordo com o perfil do seu negócio. 

Posso estar em mais de uma mídia?

Você pode estar em quantas mídias sociais achar necessário, desde que tenha frequência de postagens e condições de mantê-las atualizadas. De nada adianta criar perfis em redes sociais e deixá-las abandonadas. Isso causa uma péssima impressão ao público. Caso a sua opção seja estar em várias mídias, tenha atenção para não repetir os conteúdos em todas elas ao mesmo tempo.

Por exemplo, se na segunda de manhã você ensinou uma receita de bolo no Instagram, esse mesmo conteúdo pode ser usado no outro dia, no Facebook. A ideia é aproveitar o material, mas publicá-lo em momentos diferentes para que o seguidor presente nas duas redes, não receba o conteúdo na mesma hora. Essa estratégia ajuda também a alcançar pessoas diferentes, já que cada uma delas possui um perfil específico de acesso às redes sociais.

Tenha sempre em mente que, melhor do que estar em todas as mídias sociais ao mesmo tempo, é escolher quais as mais estratégicas e que você tem condição de manter a renovação do conteúdo e orelacionamento com o público. Priorize também os canais que você já atuava antes desse momento de pandemia. É provável que, por lá, seus clientes já estejam acostumados a receber informações sobre o seu negócio, aumentando as chances de sucesso.

Que tipo de conteúdo devo publicar? Com que frequência?

Não existe uma regra sobre quais conteúdos postar, mas vale lembrar que as mídias sociais são canais de relacionamento, e não de vendas. Então, o objetivo deve ser oferecer conteúdo útil e relevante, para educar e entreter o público. A venda será a consequência de uma boa presença digital e de um bom relacionamento  com o público.

Lembre-se que, no marketing digital, planejamento é fundamental. Por isso, esteja atento a esses passos:

1º passo –Identifiquea persona do seu negócio. Personas, como o próprio nome diz, são personagens fictícios com características do perfil ideal do seu consumidor. Ao desenhá-la, é possível identificar suas características, motivações e anseios, e, a partir daí, escolher a linguagem mais apropriada e os conteúdos que irão lhe interessar.

2º passo – A partir da persona, escolha os canais mais estratégicos para o seu negócio.

3º passo – Desenvolva um calendário editorial, ou seja, um calendário com as datas das postagens dos conteúdos e formatos das publicações, assim como o tipo de linguagem e a periodicidade (frequência das postagens).

4º passo – Acompanheconstantemente os canais para verificar comentários, dúvidas e interações dos clientes, e seja ágil nas respostas.

Uma grande vantagem do marketing digital é a possibilidade de acompanhar e mensurar resultados com rapidez. Fique de olho nas métricas. Métricas são alguns dados que sevem para você medir ou comparar o desempenho da sua empresa nessas ferramentas, por exemplo, quantas pessoas acessaram, ou quantas clicaram no produto.O legal é que as próprias ferramentas digitais oferecem esses dados para você avaliar os conteúdos que estão dando mais retorno à sua empresa, ou aqueles que precisa mudar ou aperfeiçoar.

Lembre-se, também, de estar atento à linguagem utilizada nas suas publicações, para não usar termos muito técnicos, de difícil entendimento pelo púlico.Gifs e emojis, e outros recursos das redes sociais podem ser usados para tornar a comunicação mais leve!

Em quais outros canais digitais posso investir?

Além das mídias sociais, outros canais como site, blog, e aplicativos de comunicação, como o WhatsAppe o Telegram, são opções para quem deseja ingressar no ambientedigital.

O Whatsapp, por exemplo, é uma boa ferramenta para manter um contato mais direto e aumentar a interação com os consumidores. Para quem deseja uma ferramenta mais profissional, o Whatsapp Business é indicado. Ele é muito parecido com o que usamos normalmente, porém, é uma conta comercial.Entre as suas principais vantagens, está a possibilidade de inserir informações como localização do negócio, horário de funcionamento, segmento comercial, além de site e e-mail para contato.

Outra ferramenta interessante é o Google Meu Negócio, que possibilita inserir informações sobre a sua empresa no Google, de forma que ela consiga ser encontrada pelos usuários. Imagine: se alguém digitar “pet shop no bairro Buritis, em Belo Horizonte”, sua empresa irá aparecer? Com o Google Meu Negócio, certamente sim. Além de simples e fácil de usar, é uma ferramenta gratuita.

Sites e blogs também são boas opções a serem consideradas. Eles são excelentes ambientes para compartilhar conteúdos sobre a sua empresa, divulgar produtos e serviços, e dar dicas relacionadas ao ramo do negócio. Mas é preciso ter um planejamento bem definido. Ter um blog demanda que você publique conteúdos com frequência e otimize o seu texto com títulos, imagens e palavras-chaves (procure saber sobre técnicas de marketing de conteúdo) para ser encontrado nos mecanismos de busca do Google.

E o tal Marketing de Conteúdo?

De forma simples, marketing de conteúdo é um conjunto de estratégias que visa gerar conteúdos relevantes para o público, a fim de sanar suas dúvidas, problemas e necessidades.  O objetivo é aumentar a interação e o relacionamento com o público, e tornar uma marca referência em determinado assunto ou segmento.

Quer um exemplo para quem é MEI?Um guia de turismo pode produzir conteúdo com dicas de viagens e roteiros turísticos. Um confeiteiro pode ensinar as pessoas receitas simples de bolos para fazer em casa. Já o dono de um petshop pode dar dicas de alimentação saudável para animais, ou como mantê-los aquecidos no inverno. São muitas as ideias que podem surgir, seja qual for o seu segmento.

Tais conteúdos podem ser criados por meio de textos, vídeos ou imagens, tanto em blogs, como nas redes sociais. A ideia é sempre oferecer conteúdo relevante, que seja útil para o seu público. Pense comigo: quando o seu seguidor vê uma postagem que o ajuda em determinado problema ou necessidade, passa a se identificar com a sua empresa, e logo, cria uma conexão. Quando ele precisar de algum produto ou serviço, irá se lembrar de você. Essa é a grande jogada do marketing de conteúdo.

Mas lembre-se: como tudo no marketing digital, é preciso planejamento! Defina os conteúdos, os canais e a periodicidade. Procure se informar sobre o uso de palavras-chaves, hashtags, imagens, dentre outras técnicas. Se você não tiver experiência na produção de conteúdos, busque capacitação, ou contrate um profissional do mercado, se tiver condições.

Sou MEI, vale a pena investir em Marketing Digital?

Investir no marketing digital é muito importante para qualquer negócio, e também para quem é MEI, especialmente neste momento de crise. Mesmo que você não tenha muitos recursos, é possível desenvolver ações e estratégias conforme as suas possibilidades.

Para ter sucesso, vocêprecisa entender que a suaexperiência como usuário é diferente daquela exigida para um empresárioque deseja obter resultados. Por isso, é fundamental buscar conhecimento e capacitação para entender as técnicas e ferramentas, e, assim, conseguir fazer o uso delas de forma apropriada.

O Sebrae Minas possui uma série de conteúdos para ajudar e orientar os empreendedores neste desafio. Conte com a gente!

 
Compartilhar
Favoritar

    Salvo na lista de favoritos

O conteúdo foi útil para você?

Conteúdo relacionado

Fale com o Sebrae

Converse online, por chat ou email, com os técnicos do Sebrae
para tirar dúvidas e receber orientações sobre o seu negócio.
É gratuito!

Converse agora