this is an h1

this is an h2

Mon Jan 10 11:24:47 BRT 2022
Finanças | GESTÃO FINANCEIRA
Aprenda a separar as contas pessoais e as contas da empresa

Acompanhe algumas dicas de gestão para organizar o seu orçamento e não ser prejudicado nessa área

Logotipo do Sebrae

Pâmela Machado

· 27/09/2021 · Atualizado em 10/01/2022
Imagem de destaque do artigo

De acordo com o levantamento Sobrevivência das Empresas no Brasil divulgado pelo Sebrae em 2016, existem várias causas que podem levar uma empresa à mortalidade. Algumas são: a falta de planejamento, a falta de acompanhamento das despesas a rigor e a falta de cursos sobre gestão nos negócios. Um bom começo para não ser afetado por essas questões é aprender a separar finanças pessoais e da empresa.

Defina sua remuneração

Um dos pontos essenciais para dividir as despesas da forma correta é definir seu pró-labore, ou seja, como se fosse o seu salário. Neste ponto é importante destacar que o lucro deve ser utilizado para investimento na empresa e você define seu pró-labore com base nisso, no faturamento da empresa.

Neste momento é importante considerar todos os gastos da empresa e pensar o quanto um profissional que desempenha as mesmas atividades com você ganharia. Entretanto, vale lembrar que a empresa deve manter capital de giro e entre outras questões. O crescimento é extremamente importante.

 

Anote despesas

Outro ponto importante é fazer um balanço das movimentações financeiras, anotar as despesas da empresa, assim você consegue ver se pode aumentar seu pró-labore num determinado momento ou até mesmo economizar mais em outro setor. No começo, faça o processo de forma mais abrangente, depois vá afunilando.

Durante o mês anote tudo que vai sendo retirado da empresa, assim você pode encontrar algum gasto pessoal que está sendo pago com as finanças da empresa. A dica é: não use o saldo da empresa para pagar contas particulares, caso faça, fique de olho para não repetir o erro nos próximos meses.

Tenha uma reserva

Ter uma reserva financeira sua e outra da empresa é ideal para momentos de emergência. Assim, caso aconteça algum imprevisto, você não vai precisar usar o dinheiro da empresa para pagar uma conta sua ou vice-versa.

Parece difícil, mas aos poucos o processo de separar essas despesas vai acontecendo naturalmente. Além de seguir as dicas, também é importante buscar conhecimento da área financeira, aqui no Sebrae temos vários cursos gratuitos disponíveis que você pode acessar em: https://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/cursosonline.

Planilhas

Para começar sua organização financeira hoje mesmo, separamos algumas planilhas abaixo que vão te ajudar: planilha de controle de contas a pagar e planilha de controle de faturamento para MEI. 

A planilha de controle de contas permite identificar as obrigações a pagar, dessa forma é possível evitar multas, escolher prioridades de pagamento e verificar as obrigações contratadas. No caso da planilha de faturamento, é possível saber se o valor que sua empresa está faturando é suficiente para cobrir os custos de determinado período.

Para aqueles que querem aprender mais sobre finanças empresariais, separamos um artigo sobre capital de giro. É só acessar aqui e ver o porquê ele é tão importante para o seu negócio.

Além disso, abaixo temos a cartilha “Dicas de finanças” que traz vários conceitos do assunto para o seu negócio, numa linguagem simples para você colocar em prática hoje mesmo. 


O conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado!

Foi um prazer te ajudar :)

Precisa de ajuda?

Nós temos especialistas prontos para atender você e o seu negócio de forma online e gratuita.

Acesse agora