ESTUDO DE MERCADO

Empreendedorismo feminino: cresce o número de mulheres empresárias

Entenda mais sobre a liderança feminina no mundo dos investimentos

A cada dia que passa as mulheres estão cada vez conquistando mais espaço e ganhando força no mundo corporativo. Essa participação crescente nos possibilita vislumbrar um futuro que ambos gêneros venham atuar no empreendedorismo em situação de equilíbrio.

A concretização desta realidade vem com os dados, em 2000, as mulheres simbolizavam 28,4% dos gestores paulistas. Já em 2010, elas passaram a representar 34,9% dos empresários.

Pensando no crescente número de gestoras no estado de São Paulo e no Brasil, nós do Sebrae em São Paulo realizamos uma pesquisa abordando o tema sobre o perfil das mulheres empreendedoras.

A pesquisa tem objetivo de conhecer o quantitativo de empresárias no estado, identificar o perfil em relação ao setor de atividade, o nível de escolaridade, faixa etária, rendimento e horas trabalhadas. E há intenção de apresentar o perfil comportamental das empreendedoras paulistas.

Além disso, a pesquisa compara a participação das gestoras no Estado de São Paulo ao total de mulheres empreendedoras no Brasil e analisa a evolução feminina no empreendedorismo de 2000 a 2010.

O estudo aponta quais setores as empresárias apostam, em primeiro lugar com 45% vem o setor de serviços, logo em seguida aparece o segmento de comércio com 27%.

O relatório traz dados sobre as principais necessidades de orientação das gestoras paulistas que são semelhantes ao dos empresários. As principais necessidades dizem a respeito sobre capital para negócio, atendimento e vendas, clientes e mercado-alvo.

Quer saber mais sobre as empresárias? Acesse a pesquisa O perfil das mulheres empreendedoras.

Ainda com dúvidas? Consulte o Sebrae mais próximo de você AQUI, ou entre em contato no 0800 570 0800.

Pesquisa Perfil das mulheres empreendedoras

O conteúdo foi útil para você?

  • Sim
  • Não

Enviado com sucesso! Agradecemos sua ajuda.


Compartilhe: