ac am rr pa ap ma pi ce rn pb pe al se ba to mt ro ms go df mg es rj sp pr sc rs
  • RSRio Grande do Sul
  • SCSanta Catarina
  • PRParaná
  • SPSão Paulo
  • MSMato Grosso do Sul
  • RJRio de Janeiro
  • ESEspírito Santo
  • MGMinas Gerais
  • GOGoiás
  • DFDistrito Federal
  • BABahia
  • MTMato Grosso
  • RORondônia
  • ACAcre
  • AMAmazonas
  • RRRoraima
  • PAPará
  • APAmapá
  • MAMaranhão
  • TOTocantins
  • SESergipe
  • ALAlagoas
  • PEPernambuco
  • PBParaíba
  • RNRio Grande do Norte
  • CECeará
  • PIPiauí
menu Sebrae

Cursos e Eventos

Cursos e Eventos presenciais

Confira a programação do Sebrae no seu estado e inscreva-se já.

Cursos Online

Matricule-se nos cursos online 100% gratuitos e estude sem sair de casa.

Mon Apr 13 22:39:22 GMT-03:00 2020
Mercado e Vendas
Negócios de alimentação fora do lar podem investir nas marmitas
Muitas empresas do ramo estão precisando reinventar a forma de trabalhar para vencer a crise. As marmitas podem ser uma inovação para manter as vendas.

Os negócios de alimentação fora do lar foram especialmente impactados pela crise causada pelo coronavírus, que afastou as pessoas das ruas e provocou queda no consumo. Diante desse cenário de isolamento social, donos de bares e restaurantes precisam pensar em alternativas para manter as vendas.

Muitas empresas do ramo estão investindo em serviços de delivery e divulgação reforçada na internet. Mas existe outra solução que pode se agregar a essas ações. Trata-se da produção de marmitas.

Antes da pandemia se instalar, a procura por esse tipo de refeição estava em alta. Agora que as pessoas estão impossibilitadas de ir a restaurantes e muitas vezes não encontram tempo para cozinhar ou mesmo não se sentem à vontade nessa atividade, investir nas marmitas pode ser uma boa opção para você, que trabalha na área.

Ofereça produtos e serviços customizados, buscando atender as necessidades (e restrições) alimentares do público, ou seja, dê opções de refeições que agradem diferentes paladares. Os consumidores que buscam marmitas se deparam com uma ampla oferta de produtos, e o seu negócio deve justamente explorar as características de cada público para contemplá-lo. Veja a seguir algumas ideias.

Deseja apostar na personalização?

Se você busca diferenciar o seu negócio adotando o viés da personalização dos pratos, certifique-se de que há público para consumir, já que a customização agrega valor ao produto e faz com que a sua produção seja menos escalável. Quem busca por um nicho sabe que vai encontrar diferenciais que podem ser mais caros que os oferecidos em larga escala.

Deseja oferecer um cardápio clássico?

Seu negócio pode adotar uma linha mais conservadora e oferecer refeições convencionais, que fazem parte do dia a dia dos brasileiros. Os pratos tradicionais (como arroz, feijão, carne e fritas) podem agradar muitos consumidores e custar menos para serem preparados. Com isso, podem ser oferecidos preços mais baixos e competitivos.

Deseja seguir a linha mais saudável?

Outro modelo de negócio que pode ser adotado consiste na oferta de refeições balanceadas, com saladas, proteínas e alimentos com baixo teor de gordura. As marmitas mais leves costumam agradar quem deseja manter uma alimentação regrada, com garantia de um preparo criterioso. Para os consumidores que adotam uma alimentação balanceada e não abrem mão da praticidade das marmitas, a opção pelas refeições fitness é uma alternativa para garantir a manutenção da dieta.

Deseja investir em refeições destinadas aos que têm restrição alimentar?

Muitas pessoas apresentam restrição a alguns tipos de alimentos (como o glúten e a lactose) e devem ter cuidado redobrado na hora de preparar/consumir as refeições. Por contarem com poucas opções, os consumidores com algum tipo de intolerância tendem a consumir o que é feito e pensado especialmente para eles. No entanto, esse tipo de alimentação é limitada e cara. Surge aí um nicho a ser explorado pelos empreendedores, que podem ofertar pratos saborosos e acessíveis para esse público.

Deseja atender o público vegano?

As opções de alimentos veganos são cada vez mais comuns nos cardápios dos restaurantes. Por isso, você deve pensar em contemplar opções vegetarianas e/ou veganas para atender o público interessado. Caso o seu empreendimento seja voltado apenas para esse público, é possível amplia a oferta.

Que fazer refeições temáticas?

Cardápio árabe, italiano, japonês, mexicano. As marmitas podem contemplar também refeições temáticas, conforme a preferência dos clientes. Aos amantes da culinária estrangeira, é importante oferecer opções saborosas e frescas, que preservem a identidade do país representado e tenham a mesma praticidade das marmitas convencionais. É claro, com um toque a mais.

Veja também

Seu estabelecimento interrompeu as atividades nessa quarentena? Não perca essas dicas para minimizar perdas de alimentos.

Neste momento da Pandemia Coronavírus, veja como o ramo de alimentação pode se adaptar ao cenário de crise estreitando o relacionamento com os clientes.

Em meio a pandemia do Coronavírus, a segurança com a manipulação de alimentos se faz ainda mais importante. Conheça sete cuidados fundamentais para a segurança dos alimentos.

Assista

Nós fizemos uma live especial sobre o tema. No vídeo você confere como evitar a queda no fluxo de clientes durante o período de quarentena.

Compartilhar
Favoritar

    Salvo na lista de favoritos

O conteúdo foi útil para você?

Conteúdo relacionado

Fale com o Sebrae

Converse online, por chat ou email, com os técnicos do Sebrae
para tirar dúvidas e receber orientações sobre o seu negócio.
É gratuito!

Converse agora