PRODUTO

Aprenda boas práticas na manipulação de pescado

Saiba a importância de adotar boas práticas ao manipular o pescado, desde o hábito de lavar as mãos, até a conservação e o transporte do produto.

Boas práticas
  • Conservação do produto

Dentro da piscicultura as boas práticas estão aliadas à manipulação do produto. É  importante que as boas práticas comecem desde o momento em que o peixe é retirado do rio ou do mar. Assim, pode-se evitar a transmissão de doenças oriundas da infestação de micróbios ou parasitas nos peixes, por isso, a importância de adotar boas práticas no seu negócio. Desta forma, o alimento não é contaminado e a qualidade e a saúde são garantidas ao seu cliente.

Cuidados na manipulação

Para começar, é importante lavar as mãos. É um ato simples, mas que pode evitar muitos problemas na manipulação do pescado. Portanto, lave as mãos antes de pegar nos alimentos, após usar o banheiro ou mexer no lixo.

Veja como lavar as mãos corretamente:

  • 1) Na hora de lavar as mãos, utilize água corrente.

  • 2) Esfregue a palma e o dorso das mãos e utilize bastante sabonete nestas partes, incluindo as unhas e os espaços entre os dedos, por em média, 15 segundos.

  • 3) Enxágue bem as mãos até retirar todo o sabonete.

  • 4) Seque bem as mãos.

  • 5) Finalize utilizando um produto antisséptico.

Observação: durante a venda do pescado, mantenha uma pessoa para lhe ajudar na venda. Somente uma pessoa pode pegar no dinheiro, a outra fica responsável por manipular o pescado. Jamais permita que manuseiem dinheiro e alimento ao mesmo tempo durante as vendas.

Conservação do produto
  • Boas práticas
  • Transporte do pescado

Jamais deixe o pescado no chão ou em cima de lugares sujos. Também não se pode deixar o produto exposto ao sol e ao vento.

Certifique-se que o gelo utilizado para conservar o pescado, seja feito de água potável ou tratada. Desta maneira, o produto é preservado da melhor forma.

Mantenha a embarcação sempre em boas condições. Você não pode:

  • Deixar restos de combustíveis de produtos tóxicos junto ao pescado;

  • Guardar produtos e utensílios de limpeza junto com apetrechos de pesca;

  • Deixar de lavar equipamentos e utensílios antes, durante e depois de cada dia de trabalho.

Transporte do pescado
  • Conservação do produto

É recomendável o uso de caixas térmicas para transportar o peixe. Assim, o produto é mantido em uma temperatura adequada.

Na hora de guardar os peixes, tome cuidado para não amontoar, amassar ou pisar nele, pois se os órgãos internos ou a pele deles se cortarem, as fezes do animal podem contaminar a carne e o recipiente.

Saiba mais

Trabalha com pirarucu? Que tal você aproveitar para ler o “Manual de boas práticas de produção do Pirarucu em cativeiro” disponível no Portal do Sebrae.

O conteúdo foi útil para você?

  • Sim
  • Não

Enviado com sucesso! Agradecemos sua ajuda.


Compartilhe: