FRANQUIA

Microfranquias em alta

Franquias de até R$ 90 mil são uma ótima oportunidade de negócio

Sobre as microfranquias
  • Leia Mais

As microfranquias, também conhecidas como franquias baratas, são uma boa opção para quem tem pouco dinheiro e sonha em tornar-se dono do próprio negócio.

São franquias enxutas de até R$ 90 mil - oferecem opções com investimento inicial a partir de R$ 5.500 e retorno em até 24 meses.

Ter afinidade com a marca franqueadora e vontade de ter o próprio negócio são os primeiros passos para quem deseja investir em uma franquia.

Antes de fechar o negócio, o ideal é verificar se a microfranquia tem, pelo menos, um ano de operação e solicitar um estudo de viabilidade.

Fazer um planejamento de longo prazo também é essencial para que o negócio não se torne uma armadilha.

É preciso avaliar os custos pós-lançamento, como reposição de estoque, impostos, royalties e encargos trabalhistas.

Em geral, o investimento inicial inclui ponto comercial, taxa de franquia, equipamentos, primeiro estoque e capital de giro.

De acordo com os especialistas, as maiores vantagens apresentadas pelas microfranquias são o baixo investimento necessário para se iniciar o negócio bem como o rápido retorno, sendo que o maior número de microfranquias encontra-se no setor de serviços.

Os principais segmentos que oferecem modelo de investimento com valor até 90 mil reais (valor apontado pela ABF como teto para microfranquias), são os de Saúde e Beleza, Negócios e Serviços, Informática e Comércio Eletrônico,  Acessórios e Alimentação.

Vencer o medo de empreender, avaliar suas aptidões antes de escolher a franquia e dedicar-se totalmente ao trabalho são diferenciais que contribuem para o sucesso dos pequenos negócios.

Crescimento 

Segundo dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF), de 557 marcas de microfranquias operantes em 2016, mais de 79% atuavam elclusivamente com microfranquias e outras 20% com microfranquias e modelos tradicionais. 

Apesar do negócio exigir um investimento menor, as microfranquias estão enquadradas nas mesmas regras do franchising, estabelecidas pela Lei de Franquias (8.955/94). 

O crescimento é expressivo, mas a taxa de mortalidade também. A ABF calcula que 8,4% das franquias com baixo investimento deixam de existir - contra 3,7% das franquias convencionais.

A troca de experiências com franqueados atuais é essencial para a tomada de decisão e sucesso do negócio.

A recessão econômica e as mudanças de consumo contribuíram para que muitas empresas optassem por negócios mais enxutos. As microfranquias possibilitaram a abertura de novos negócios por quem desejava empreender, mas  não tinha como realizar o investimento inicial. Além disso, o sistema de franchising também contribui para que novas regiões e conumidores tenham acesso a novas marcas, produtos e serviços. 

Encontre a microfranquia ideal para você

Leia Mais
  • Sobre as microfranquias

Clique no material de interesse para fazer download gratuito

 

 



O conteúdo foi útil para você?

  • Sim
  • Não

Enviado com sucesso! Agradecemos sua ajuda.


Compartilhe: